Aitken e Ghiotto batem forte e causam bandeira vermelha na F2 na Rússia

A briga pelo quarto lugar rendeu um impacto dos maiores na F2 em Sóchi. Luca Ghiotto tentou passar Jack Aitken por fora na curva 3, mas os dois se tocaram e perderam controle

A corrida 2 da Fórmula 2 em Sóchi, realizada neste domingo (27), teve um momento de tensão. Na altura da sétima volta, a briga pelo quarto lugar entre Luca Ghiotto e Jack Aitken terminou com uma batida das mais fortes e uma bandeira vermelha.

O acidente aconteceu na curva 3, de alta velocidade. Ghiotto tentou passar Aitken por fora, mas foi espremido e não conseguiu evitar o toque. Os carros se enroscaram e foram direto contra a barreira de proteção, isso em um trecho com área de escape mínima.

Pouco sobrou do carro de Ghiotto em Sóchi (Foto: Reprodução/Twitter)

O impacto destruiu a barreira de proteção no trecho, inclusive com o carro de Ghiotto pegando fogo. Por sorte, os pilotos ficaram aparentemente ilesos, saindo de seus respectivos bólidos por conta própria.

É o segundo ano seguido com um acidente forte na curva 3 de Sóchi. Em 2019, um desgovernado Nikita Mazepin acertou Nobuharu Matsushita e causou impacto de força semelhante.

O carro de Jack Aitken também sofreu grandes danos (Foto: Reprodução/Twitter)

A paralisação causada pelo acidente foi longa. A direção de prova eventualmente percebeu que não havia tempo hábil para recomeçar a disputa e deu a prova por encerrada. A vitória ficou com Guanyu Zhou, com Nikita Mazepin e Mick Schumacher completando o pódio. Os pontos foram distribuídos pela metade.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube