Colapinto passa Aron na última volta e vence sprint da F2 em Ímola. Bortoleto é 6º

Franco Colapinto brilhou na última volta da corrida sprint da F2 em Ímola ao efetuar belíssima ultrapassagem sobre Paul Aron na Tamburello. Zane Maloney completou o pódio

Franco Colapinto venceu a corrida sprint da Fórmula 2 na Emília-Romanha após belíssima ultrapassagem na última volta. O argentino manteve-se muito próximo de Paul Aron durante boa parte da corrida deste sábado (18), em Ímola, e foi para o ataque final na Tamburello. Zane Maloney ficou em terceiro.

Bem mais tranquila que a Fórmula 3, a sprint da F2 também teve o seu caos logo na largada, em batida que tirou de uma vez só cinco carros da disputa. Largando em 11º, Enzo Fittipaldi foi um dos que não tiveram sorte e acabou abandonando.

Relacionadas


Bortoleto, por sua vez, escapou por um triz de encher a traseira de Isack Hadjar, um dos envolvidos no incidente, e brigou muito contra Oliver Bearman pelo quinto lugar, mas terminou atrás do britânico.

Amaury Cordeel terminou em quarto, à frente de Bearman e Bortoleto. Taylor Barnard e Richard Verschoor fecharam o grupo dos oito que pontuam na sprint.

A Fórmula 2 retorna neste domingo, às 5h, para a largada da corrida 2 da rodada da Emília-Romanha, a quarta da temporada 2024. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades.

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente:Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

A largada da sprint em Ímola contou com grande acidente (Vídeo: Reprodução/DAZN España)

Confira com foi a corrida sprint da F2 em Ímola:

Após um pequeno atraso de sete minutos, os pilotos tomaram as respectivas posições no grid, com Cordeel largando na pole-position graças ao grid invertido, tendo ao lado Colapinto. Bortoleto, por sua vez, era o décimo, já que conquistara a pole-position na classificação, enquanto Fittipaldi vinha logo atrás, em 11º.

Com 24°C de temperatura ambiente, 46°C de asfalto e 42% de umidade relativa do ar, os pilotos partiram para as 25 voltas da sprint calçado com os médios, escolha de praxe para a prova curta. Na volta de apresentação, porém, um pequeno susto com Antonelli, que ficou parado alguns instantes, mas conseguiu arrancar.

Luzes verdes acionadas, e Aron, em terceiro, saltou muito bem, colocando-se entre Colapinto e Cordeel e pegando a liderança na curva seguinte. Só que a corrida logo viu a intervenção do safety-car por conta de batida múltipla desencadeada após toque entre Roman Stanek e Hadjar. No meio do bolo, sobrou para Joshua Dürksen, Fittipaldi e Dennis Hauger, que nada puderam fazer e também abandonaram a prova.

As imagens recuperadas ainda mostraram um reflexo impressionante de Bortoleto, que desviou da traseira do carro da Campos de Hadjar por um triz. Por conta do acidente, o piloto da Invicta pulou de décimo para sexto.

O carro de segurança deixou a pista ao final do giro 5. Relargada autorizada, Aron deu o pé no instante certo e não deu chances para Cordeel, que viu Colapinto mais próximo buscando espaço para efetuar ultrapassagem. Maloney, Bearman, Bortoleto, Barnard, Verschoor, Kush Maini e Josep María Martí formavam o top-10. Antonelli, por sua vez, era apenas o 12º após ser engolido pelo pelotão em mais uma largada ruim.

A ultrapassagem de Franco sobre Cordeel veio na reta principal, após escapada do belga na saída da Rivazza, na volta 7. No mesmo giro, a direção de prova liberou o uso da asa móvel.

Bortoleto, então, colou na traseira de Bearman, apenas estudando o melhor momento de tentar a ultrapassagem. À frente, Aron colocava mais de 1s sobre Colapinto, que via a aproximação de Cordeel, o mais rápido da pista até então.

Enquanto Martí tomava 10s de punição e ia aos boxes para cumpri-los ainda na corrida, Maloney crescia no retrovisor de Cordeel e trazia consigo Bearman, Bortoleto, Barnard e Verschoor, todos com distâncias menores que 1s entre si. Era, portanto, o famoso trem do DRS, em que ninguém passa ninguém. A distância do piloto da Hitech para o segundo colocado, Colapinto, já era acima de 3s.

Colapinto efetuou belíssima ultrapassagem sobre Paul Aron na volta final da sprint da F2 em Ímola (Vídeo: reprodução/ESPN)

Na frente, o argentino ficava a apenas 0s5 de distância de Aron, já buscando um traçado mais defensivo para impedir a ultrapassagem. Na abertura do giro 15, a diferença caiu ainda mais, chegando a ficar em 0s2 na Tamburello. Só que Aron conseguiu se recuperar e voltou a ficar pouco mais de 0s5 à frente.

Com sete voltas para o fim, os principais duelos de pista eram entre Aron × Colapinto, Cordeel × Maloney e Bearman × Bortoleto — concidentemente, pegas da primeira à sexta posição. Só que a pista sinuosa e com apenas um ponto de detecção do DRS dificultava qualquer tentativa de ultrapassagem. Diante disso, Aron, Cordeel e Bearman iam resistindo aos ataques dos rivais e sustentando as respectivas posições.

Só que a decisão ficou mesmo para as voltas finais, e o primeiro a definir a manobra foi Maloney, em ultrapassagem arrojada sobre Cordeel que valeu o pódio. Na última volta, foi a vez de Colapinto dar o bote para cima de Aron na Tamburello, outro lance que valeu a corrida. Bortoleto ainda tentou o mesmo sobre Oliver, mas o piloto da Prema conseguiu se defender e sustentou o quinto posto.

Fórmula 2 2024, GP da Emília-Romanha, Ímola, Corrida sprint:

1F COLAPINTOMP41:43.96425 voltas
2P ARONHitech+1.706 
3Z MALONEYRodin+6.618 
4A CORDEELHitech+8.173 
5O BEARMANPrema+11.125 
6G BORTOLETOInvicta+11.589 
7T BARNARDAIX+11.920 
8R VERSCHOORTrident+14.254 
9K MAINIInvicta+16.330 
10Z O’SULLIVANART+17.427 
11A K ANTONELLIPrema+18.286 
12R VILLAGÓMEZVan Amersfoort+18.960 
13V MARTINSART+19.396 
14R MIYATARodin+19.788 
15J CRAWFORDDAMS+20.089 
16J M CORREADAMS+20.587 
17J M MARTÍCampos+55.602 
18D HAUGERMPNC 
19R STANEKTridentNC 
20I HADJARCamposNC 
21J DÜRKSENAIXNC 
22E FITTIPALDIVan AmersfoortNC 
Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 2 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.