F2

Ghiotto acerta na estratégia de pneus, passa Sette Câmara no fim e vence corrida 2 da F2 no Bahrein

Pole-position da primeira corrida e que teve resultado prejudicado por conta de uma largada ruim, Luca Ghiotto impôs ritmo forte desde o início e se valeu de uma acertada estratégia com os pneus macios no fim. Sergio Sette Câmara lutou muito e finalizou com mais um pódio, em segundo lugar

Grande Prêmio / GABRIEL CARVALHO, de Campinas


Luca Ghiotto foi o grande vencedor da segunda corrida da F2 no Bahrein, disputada na manhã deste domingo (31). O italiano da UNI-Virtuosi tomou a primeira posição logo na quarta volta e depois arriscou com a estratégia de pneus, fazendo a troca para os macios para o stint final. Deu certo. O italiano voltou no pelotão intermediário e foi escalando o grid até alcançar as primeiras posições novamente. Sem dificuldades, superou seus adversários para vencer no fechamento da rodada dupla de Sakhir.

O brasileiro Sérgio Sette Câmara ficou com a segunda posição. O piloto mineiro se aproveitou de erros dos adversários logo na volta inicial e chegou a liderar duas vezes: quando superou Mick Schumacher nas voltas iniciais e depois, quando Ghiotto, que o havia superado, foi aos boxes fazer a troca de pneus. No entanto, o ritmo do italiano era muito forte com os pneus macios. Assim, Sergio foi ultrapassado com três voltas para o fim e finalizou com um bom segundo lugar.
Luca Ghiotto venceu a corrida 2 e assumiu a liderança da temporada da F2 2019 (Foto: Reprodução/Twitter)
Vencedor da corrida de sábado, Nicholas Latifi completou o pódio, fechando um final de semana quase perfeito para a Dams, com os dois pilotos entre as três primeiras posições nas duas corridas. O quarto colocado foi o chinês Guanyou Zhou, parceiro de Ghiotto na UNI-Virtuosi. O piloto, um dos pupilos da Renault, adotou a mesma estratégia do seu companheiro de equipe para garantir um lugar no top-5.

Após largar na primeira posição, Mick Schumacher fechou a prova no sexto lugar, atrás do suíço Louis Delétraz. Nyck De Vries foi o sétimo, com a volta mais rápida da corrida, e foi seguido por Jordan King, que fechou a lista dos pilotos nos pontos.

Confira como foi a segunda corrida da F2 no Bahrein:

Na largada, Schumacher foi bem defensivo e segurou as investidas de Jack Aitken, que foi fortemente pressionado por Louis Delétraz e Nyck De Vries. Ainda na primeira volta, Aitken se tocou com os dois concorrentes, que precisaram utilizar a área de escape, o que abriu espaço para Sérgio Sette Câmara e Nicholas Latifi tomarem a segunda e a terceira posição respectivamente.

Na terceira volta, Sette Câmara partiu pra cima de Mick Schumacher na curva 1 e tomou a primeira posição. Luca Ghiotto, que também vinha em ritmo forte, ultrapassou Latifi e Schumacher, assumindo o segundo lugar. No giro seguinte, Latifi superou Schumacher e Ghiotto assumiu a ponta ao ultrapassar o brasileiro Sette na curva 4.

Ghiotto começou a abrir vantagem para Sette Câmara, que precisou se preocupar com os ataques de Latifi. De Vries ultrapassou Schumacher, que passou a ser pressionado por Delétraz.

Com as principais posições estabilizadas, a grande disputa passou a ser pelo 11º lugar entre Jordan King e Juan Manuel Correa, que errou o tempo na entrada da curva 4 e atingiu o adversário, danificando a asa dianteira e necessitando de um pit-stop. Outra disputa de destaque foi entre Nobuharu Matsushita e Antoine Hubert, que terminou com o japonês Matsushita tomando a sétima colocação.

Com mais da metade da corrida completa, Ghiotto e De Vries foram os primeiros pilotos do top-5 a irem aos boxes, deixando Sette Câmara, Latifi e Schumacher nas posições de pódio. Ghiotto passou a escalar o pelotão, aparecendo na quinta colocação com seis voltas para o fim. 
Luca Ghiotto no topo do pódio da F2 em Sakhir (Foto: Reprodução)
Sette Câmara e Latifi entraram em uma batalha pela liderança. Ambos tinham uma vantagem grande para Schumacher, que agora era pressionado por Ghiotto, que ultrapassou Delétraz. O alemão tentou segurar, mas não conseguiu manter, foi ultrapassado e posteriormente superado por Delétraz e Guanyou Zhou.

Com um ritmo claramente melhor que dos rivais, Ghiotto não teve dificuldades para cortar a vantagem dos carros da Dams e executou ultrapassagens sobre Latifi e Sette Câmara com três voltas para o fim, e foi o primeiro a receber a bandeira quadriculada no Bahrein. O brasileiro fechou na segunda colocação, com o companheiro de equipe Latifi em terceiro. 

F2 2019, Bahrein, corrida 2, final:

1 L GHIOTTO UNI-Virtuosi 42:36.192 23 voltas
2 S SETTE CÂMARA DAMS +5.474
3 N LATIFI DAMS +6.867
4 G ZHOU UNI-Virtuosi +18.240
5 L DELÉTRAZ Carlin +21.939
6 M SCHUMACHER Prema +24.679
7 N DE VRIES ART +25.154
8 J KING MP +25.520
9 A HUBERT Arden +30.514
10 S GELAEL Prema +30.532
11 J AITKEN Campos +32.224
12 N MATSUSHITA Carlin +35.980
13 N MAZEPIN ART +40.540
14 R BOSCHUNG Tirdent +43.074
15 T CALDERÓN Arden +46.006
16 C ILOTT Sauber Junior +56.487
17 D BOCCOLACCI Campos +1:00.048
18 J ALESI Trident +1:21.115
19 J CORREA Sauber Junior +1:32.585
20 M RAGHUNATHAN MP +1 volta