F2
30/05/2018 09:00

Norris se diz “devastado” por lesão e azar de Sette Câmara em Mônaco, rasga elogios e defende: “Ele merece muito mais”

Lando Norris revelou ter muito apreço pelo seu companheiro de equipe na Carlin, o brasileiro Sergio Sette Câmara, que sofreu forte acidente em Mônaco na classificação e ficou fora da rodada dupla no último fim de semana: “Ele ajudou a mim e a equipe a melhorar além do nível em que nós estamos”
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Lando Norris (Foto: FIA F2)


Na esteira do fim de semana da etapa de Mônaco da F2, Lando Norris lidera o campeonato com 98 pontos — mesmo caindo de segundo para terceiro na corrida 2 em razão de uma punição por ter andado rápido demais em regime de safety-car virtual. O britânico, pupilo da McLaren e piloto da Carlin, tem como companheiro de equipe o brasileiro Sergio Sette Câmara, que largaria em quarto na principal corrida no Principado, mas se machucou durante a classificação e sofreu uma luxação no pulso direito, o que levou a junta médica da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) a vetar sua participação nas provas do fim de semana.
 
Norris, em entrevista veiculada pela revista britânica ‘Autosport’, revelou admiração pelo brasileiro e pelo trabalho feito por ele neste primeiro ano correndo com a Carlin. Lando também lamentou profundamente pelo acidente que tirou o colega de combate em Monte Carlo.
 
“Estou devastado por Sergio. Ele estava muito bem e muito rápido, levou muito azar. As pessoas não fazem ideia do quão rápido ele é e o quanto ele já me pressionou nesta temporada. Ele merece muito mais”, destacou o líder do campeonato.
Lando Norris revelou apreço pela forma como Sérgio Sette Câmara trabalha e ajuda a Carlin (Foto: FIA F2)
Na visão de Norris, muito do crescimento e do fato de a Carlin liderar o campeonato das equipes na F2 em 2018 se deve ao trabalho feito por Sette Câmara e a sua maturidade para lidar com cenários bastante distintos.
 
“Ele me ajudou em muitas coisas. Ele ajudou a mim e a equipe a melhorar além do nível em que nós estamos. Sua mentalidade, a forma como ele lida com as coisas, ele é muito diferente das outras pessoas na forma como ele aborda as coisas, de uma boa maneira”, elogiou.
 
“A cada corrida há algo que ele sabe mais do que ninguém. Ele tem sido muito bom em aparecer e mandar bem na primeira volta”, complementou Lando.
 
Ausente da rodada dupla de Mônaco, Sette Câmara disputou seis das oito provas do campeonato até agora e já faturou dois pódios. O mineiro ocupa a sétima posição na tabela e soma 46 pontos, empatado com Nyck de Vries.
 
A próxima rodada dupla do campeonato acontece entre os dias 23 e 24 de maio no circuito de Paul Ricard, na França, que também volta a receber a F1 em 2018.