F2

Para quarta temporada na F2, Ghiotto se junta a Zhou e fecha dupla da novata UNI-Virtuosi em 2019

Desde 2016 na F2 (quando ainda se chamava GP2), o italiano Luca Ghiotto acertou com a UNI-Virtuosi, equipe novata da categoria, para a temporada 2019. Ele se junta ao chinês Guanyu Zhou, piloto da academia da Ferrari
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Luca Ghiotto é o escolhido da Williams para os testes na Hungria (Foto: GP3 Media)
Aos 23 anos, Luca Ghiotto vai para sua quarta temporada na F2 em 2019. A UNI-Virtuosi, equipe novata do grid, confirmou a presença do italiano em seu time nesta quinta-feira (6).

Ghiotto fará dupla com o chinês Guanyu Zhou, piloto da academia de jovens da Ferrari e que foi anunciado pela UNI-Virtuosi na última quarta-feira. Zhou fará sua estreia an categoria de acesso à F1.

A UNI-Virtuosi substitui a Russian Time no grid da F2. O time inglês já operava junto ao russo pelos últimos quatro anos e é de propriedade de Andy Roche.
Luca Ghiotto (Foto: GP3)
Ghiotto, por sua vez, tenta seu melhor resultado na F2: em 2016, quando disputou a então GP2, ficou em 8° pela Trident, mesma posição em que terminou a atual temporada, mas pela Campos. Em 2017 conquistou a quarta colocação pela Russian Time.

"Me junto a um grupo de pessoas trabalhadoras 12 meses depois de correr junto a elas. Todos na equipe tem cultura de automobilismo e vencedora, o que é sentido em toda ação aqui dentro. Obviamente nosso objetivo é ir muito melhor do que fomos em 2017", disse o italiano.

A F2 terá também Sérgio Sette Câmara em sue grid em 2019. O brasileiro acertou com a DAMS, após correr em 2018 pela Carlin.