Piloto de desenvolvimento da Haas, Maini lidera segundo dia de testes da F2 em Abu Dhabi. Fittipaldi é 18° em estreia na Trident

O indiano Arjun Maini fez o melhor tempo do segundo dia de testes da F2 em Abu Dhabi - pela manhã, a melhor marca havia sido de Louis Delétraz. Pietro Fittipaldi, estreando pela Trident, ficou em 11° na primeira sessão, depois em 18°

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Piloto de desenvolvimento da Haas na F1 desde maio deste ano e 9° colocado na temporada 2017 da GP3, o indiano Arjun Maini liderou o segundo dia de testes da F2 em Abu Dhabi, nesta sexta-feira (1).

Pilotando carro da Russian Time, Maini anotou 1min48s645 na parte da tarde do treino. Ele testará pela Russian também no sábado e, na última quinta, havia pilotado carro da Trident.

Quem testou pela Trident nesta sexta, porém, foi Pietro Fittipaldi, campeão da World Series desta temporada. O brasileiro, que pode correr na F2 em 2018, terminou a sessão da tarde com o 18° tempo: 1min50s102. 

Na parte da manhã, Fittipaldi havia terminado em 11°, mas com tempo pior: 1min51s039. Nesta sessão, o líder foi Louis Delétraz, da MP, com 1min49s134.

Pietro Fittipaldi (Foto: FIA WEC)

Pela manhã, a maioria das equipes apostou em tiros longos dos pilotos, aproveitando o tempo ensolarado. Já na parte da tarde, a pista estava mais rápida.

No sábado, a última sessão de testes da F2 ocorre em Yas Marina, com meia hora pela manhã e duas horas e meia pela tarde.

FIM DE UMA GERAÇÃO

GIAFFONE: “BRASIL TEVE SORTE POR TER PILOTOS POR TANTO TEMPO NA F1”

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube