F2

Russell sofre no começo, se recupera, vence corrida 1 em Abu Dhabi e confirma título da F2

É campeão! George Russell flertou com o terceiro lugar, mas o trabalho da ART nos boxes protegeu o líder do campeonato, que recuperou a ponta e partiu para garantir a conquista na categoria. A prova foi marcada também por um acidente na largada que causou o abandono de Nicholas Latifi, Arjun Maini e Nirei Fukuzumi, bem como comprometeu o dia de Sérgio Sette Câmara e Alexander Albon
Warm Up / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro
 George Russell é campeão da F2 (Foto: Reprodução/Twitter)



A F2 tem um campeão para a temporada 2018. George Russell venceu a corrida deste sábado (24) em Abu Dhabi e deixou a pista com a confirmação do que está desenhado há semanas: é dele o título no ano de estreia com um cockpit na categoria. O inglês, pupilo da Mercedes, agora pode seguir a vida e pensar na F1, onde será titular pela Williams na temporada 2019. Chega com o cacife de um campeão.
 
A vitória não foi tão limpa, entretanto. Numa largada problemática, com dois carros parados no grid, cinco pilotos afetados e um acidente feio, Russell perdeu a liderança para Nyck de Vries. E era atacado por Artem Markelov quando foi chamado para os boxes. Se o terceiro posto chegou a parecer o mais provável, voltou do pit-lane na dianteira real; Na verdade, passou muitas voltas em segundo, com Luca Ghiotto na frente, mas era uma situação mascarada pelo fato do adversário não ter feito a parada obrigatória.

Markelov teve duelos importantes com Lando Norris e De Vries até se consolidar na segunda colocação. O pódio foi fechado exatamento por Ghiotto, que parou nos boxes e cumpriu punição com menos de quatro minutos para o fim, voltou e quinto e ultrapassou também De Vries e Norris - que foram, nessa ordem, quarto e quinto. 

Louis Delétraz foi sexto colocado, com Antonio Fuoco e Roberto Merhi - esse pole para o domingo -, Tadasuke Makino e Jack Aitken fechando o top-10. Sérgio Sette Câmara encarou problemas e terminou somente em 16º.
Acidente forte na largada marcou a corrida 1 de sábado da F2 em Abu Dhabi (Foto: F2/Twitter)
Confira como foi a prova:
 
A largada para a última corrida de sábado da temporada da F2 foi dramática. Os carros da Dams, de Nicholas Latifi e Alexander Albon, não saíram dos colchetes e ficaram vulneráveis aos rivais em velocidade, o que desencadeou alguns movimentos. O mais preocupante deles foi que Arjun Maini não conseguiu desviar de Latifi e acertou uma pancada notável que destruiu o bólido do canadense. 
 
O carro de Albon não causou um acidente, mas atrapalhou Sérgio Sette Câmara, que entre as duas confusões em lados opostos da pista, precisou parar atrás do tailandês para não causar uma segunda batida. Albon e Sette Câmara foram aos boxes e partiram de novo do pit-lane, mas uma volta trás. Como o safety-car seguia em vigência nas voltas seguintes para limpar uma reta aviltada pelo acidente com Latifi, os dois ganharam a oportunidade de recuperar a volta. Além de Latifi e Maini, Nirei Fukuzumi, que também relou no canadense acabaram mesmo abandonando na confusão.
 
Tamanho caos até esconderam que Nyck de Vries ultrapassou George Russell na primeira colocação. Com os problemas de Albon, o título estava muito perto do inglês.
 
O safety-car voltou para os boxes apenas na sétima volta, abrindo uma série de tentativas de ultrapassagem numa reta ainda suja. Jack Aitken resolveu atacar Antonio Fuoco, enquanto Niko Kari e Sean Gelael foram para os boxes colocar pneus macios, algo que Roberto Merhi também fez na sequência.
 
Artem Markelov tinha ritmo forte e passou a pressionar Russell pela segunda colocação, tanto foi que a ART chamou o futuro piloto da Williams para os boxes. De Vries entrou na volta seguinte, mas sofreu um inesperado undercut: Russell tomara seu lugar. Markelov foi no giro posterior, o décimo. Tanto ritmo não adiantou para tirar vantagem na pista: o russo voltou atrás tanto de Russell, que já recuperava a dianteira em posições reais, quanto para De Vries.
 
Numa disputa insana pela quinta colocação, Lando Norris ultrapassou Louis Delétraz, mas Alexander Albon, vindo dos últimos lugares, atacou os dois. Os três passaram a atacar e se defender, mas, ao menos num primeiro momento, o tailandês seguiu atrás dos dois rivais. 
 
Enquanto Luca Ghiotto seguia na liderança sem fazer pit-stop, mas com bons 22s3 de frente para Russell, Norris ganhava campo. Depois de se livrar de Delétraz, foi para cima e buscou uma ultrapassagem contra Markelov. Lá atrás, Sette Câmara parecia ter algum desacerto no carro, visto que não começava uma recuperação no pelotão.

Com a informação de que a corrida terminaria por tempo, não por voltas, o relógio da contagem regressiva já desceu dos 23 minutos. E, apesar de ter sido batido instantes antes, Markelov se recuperou e passou Norris de volta.
 
No confronto entre pupilos da Red Bull, o estreante Dan Ticktum levou a melhor sobre Albon e tomou a décima colocação - apesar da voadora recuperação que Albon tirou do bolso, o carro dele também não parecia estar nas condições normais. Outro que efetuou uma ultrapassagem foi Fuoco, por Aitken. O italiano tomou o oitavo lugar, que é a pole para o domingo. Pouco em seguida, porém, tanto Albon quanto Aitken atacaram de volta, mas apenas Alexander recuperou a posição, mas logo depois foi para os boxes.
 
Ainda líder sem para nos boxes, Ghiotto sofreu uma punição de 5s por levar vantagem ao sair da pista. Enquanto isso, atrás, na terceira colocação momentânea, Markelov ultrapassou De Vries. Ghiotto, com menos de quatro minutos sobrando no relógio, enfim parou nos boxes e voltou em quinto. Mas não parou por aí, porque deixou para trás Norris e De Vries para subir ao pódio.

A vitória de Russell e os problemas de Albon definiram o título do piloto inglês.

F2, Abu Dhabi, Corrida 1, Resultado Final:

1 GEORGE RUSSELL ING ART 29 voltas  
2 ARTEM MARKELOV RUS RUSSIAN TIME +3.3  
3 LUCA GHIOTTO ESP CAMPOS +8.2  
4 NYCK DE VRIES HOL PREMA +12.0  
5 LANDO NORRIS ING CARLIN +19.0  
6 LOUIS DELÉTRAZ SUI CHAROUZ +21.9  
7 ANTONIO FUOCO ITA CHAROUZ +23.6  
8 ROBERTO MERHI ESP CAMPOS +27.3  
9 TADASUKE MAKINO JAP RUSSIAN TIME +27.8  
10 JACK AITKEN ING ART +32.7  
11 DAN TICKTUM ING ARDEN +42.4  
12 DORIAN BOCCOLACCI FRA MP +46.3  
13 ALESSIO LORANDI ITA TRIDENT +47.8  
14 ALEXANDER ALBON TAI DAMS +55.5  
15 NIKO KARI FIN MP +70.1  
16 SÉRGIO SETTE CÂMARA BRA CARLIN +70.7  
17 SEAN GELAEL INA PREMA +89.9  
18 NICHOLAS LATIFI CAN DAMS +29 voltas NC
19 NIREI FUKUZUMI JAP ARDEN +29 voltas NC
20 ARJUN MAINI IND TRIDENT +29 voltas NC