Van der Garde vence última corrida da temporada em Cingapura. Razia termina na quarta colocação

Giedo van der Garde não teve dificuldades para vencer a última bateria da temporada da GP2. Terceiro colocado durante quase toda prova, Luiz Razia acabou terminando em quarto. Sétimo, Felipe Nasr ajudou a Dams a vencer o título entre equipes

Pole-position da segunda corrida da GP2 em Cingapura e última prova da temporada, Giedo van der Garde liderou do início ao fim e não teve trabalho para garantir sua segunda vitória na temporada neste domingo (23). A segunda colocação ficou com Marcus Ericsson, da iSport. Fabio Leimer, da Racing Engineering completou os três melhores da prova no circuito de Marina Bay.

Terceiro colocado durante boa parte da prova, Luiz Razia, vice-campeão da temporada, sofreu com os pneus e, no fim, acabou terminando na quarta posição. Davide Valsecchi terminou em quinto, com Esteban Gutiérrez em sexto, resultado que lhe garantiu a terceira colocação do campeonato.

O brasileiro Felipe Nasr acabou na sétima colocação e o resultado ajudou a Dams a conquistar o título entre equipes, com quatro pontos de vantagem para a Lotus. Stefano Coletti, Johnny Cecotto Jr e James Calado completaram os dez melhores da prova.

Van der Garde comemorou a vitória com Tony Fernandes (Foto: GP2)

O episódio mais curioso da corrida aconteceu com Sergio Canamasas, da Lazarus. Os mecânicos trabalharam no carro até o início da volta de apresentação, o que é proibido pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e acabou sendo punido com um drive-through.

Mas ele não cumpriu a punição dentro das três voltas previstas no regulamento e acabou recebendo a bandeira preta como punição – ou seja, ele foi desclassificado. Mesmo assim, ele continuou na corrida por mais seis voltas e, logo que chegou aos boxes, levou uma bronca histórica do dono da equipe. Canamasas alegou que seu rádio não estava funcionando e que não viu a sinalização da punição.

A última rodada da GP2 também marcou o final das atividades da Coloni na categoria. Com um problema no carro de Luca Filippi, que bateu forte na primeira corrida, apenas Fabio Onidi largou e acabou a prova apenas na 20ª colocação. 

GP2, Cingapura, Marina Bay, Corrida 2, final

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube