F2

Vencedor do GP de Macau e vice da F3 Euro, Ticktum fecha com Arden e estreia na F2 em Abu Dhabi

A temporada 2018 de Dan Ticktum já é bem positiva, mas vai ficar melhor com a estreia na F2. O britânico, que acabou de vencer o GP de Macau, vai correr pela Arden
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Dan Ticktum (Foto: Reprodução)
 
Dan Ticktum esteve bem cotado para assumir um cockpit na Toro Rosso já em 2019, mas, depois de tudo parecer começar a dar errado para o inglês, a temporada 2018 está terminando bem. Apesar de ter perdido o título da F3 Europeia em uma grande reação de Mick Schumacher, Ticktum se recuperou vencendo o GP de Macau e, neste final de semana, vai fazer sua estreia na final da F2.
 
Ticktum vai guiar pela Arden, equipe chefiada por Garry Horner, pai do chefe da Red Bull, Christian Horner. Dan entra na vaga de Maximilian Günther, que já está voltando suas atenções à Fórmula E com a Dragon.
Dan Ticktum vai fazer sua estreia na F2 pela Arden (Foto: Reprodução/Twitter)
Ainda que dificilmente seja escolhido pela Toro Rosso para 2019 - ainda que esteja mais perto da superlicença -, Ticktum vai tendo um final de ano positivo e abrindo horizontes na F2 e, principalmente, na Super Formula, categoria que já deixou claro que quer estar, seguindo os passos de Pierre Gasly e Stoffel Vandoorne.
 
Com Ticktum apenas cinco pontos distante da Superlicença e podendo alcançá-los ainda no final de 2018 em categorias menores como o Toyota Racing Series, na Nova Zelândia, a Toro Rosso segue atrás de Alexander Albon, vice-líder da F2 e que briga pelo título na corrida em que Ticktum estreia na categoria.