Smolyar abre temporada 2021 da F3 com vitória na Espanha. Collet vai ao pódio

Alex Smolyar venceu a corrida que abriu a temporada da F3, na manhã deste sábado, em Barcelona. Caio Collet foi o terceiro, enquanto Enzo Fittipaldi, P12, vai largar na frente na corrida 2, ainda neste sábado

Lewis Hamilton conquistou a vitória 97 na F1: assista aos melhores momentos do GP de Portugal de F1 (Foto: GRANDE PREMIO com Reuters)

A vitória na corrida que abriu a temporada 2021 da Fórmula 3 ficou com Alex Smolyar. O russo da ART Grand Prix largou em segundo e fez a ultrapassagem em cima do primeiro colocado no grid da prova, Jonny Edgar, e desde então não foi mais superado. O britânico, apoiado pela Red Bull e que representa a Carlin na categoria, perdeu boas posições ao longo da corrida e acabou só em quinto. Clement Novalak da Trident, foi o segundo colocado depois de impor forte ritmo no fim.

Caio Collet largou em terceiro, lutou pela segunda posição, caiu para quarto, mas recuperou o terceiro lugar ao superar Edgar e cravou o pódio na sua corrida de estreia na Fórmula 3. O brasileiro corre pela equipe MP Motorsport. Logan Sargeant, da Charouz foi o quarto, à frente de Edgar. Oli Caldwell, da Prema, foi o sexto. Frederik Vesti, da ART Grand Prix, foi o sétimo, à frente de Dennis Hauger, Victor Martins e David Schumacher.

CAIO COLLET; F3; BARCELONA;
Caio Collet visitou o pódio na sua estreia na F3 (Foto: F3/Twitter)

Enzo Fittipaldi largou em 18º, ganhou seis posições e fechou em uma importantíssima 12ª colocação, posto que lhe vale a pole da corrida 2, em razão da regra do grid invertido. A prova está marcada para 11h40 (de Brasília), com transmissão ao vivo pelo canal por assinatura BandSports e pelo serviço de streaming F1 TV Pro.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Saiba como foi a corrida 1 da Fórmula 3 na Espanha

O problema enfrentado pelo israelense Ido Cohen, que teve seu carro parado pouco antes do fim da volta de formação do grid fez a direção de prova adotar um segundo procedimento de largada.

Com 29 carros no grid, a corrida finalmente teve sua largada na segunda tentativa. Primeiro no alinhamento inicial da corrida 1, Jonny Edgar manteve a liderança, seguido por Alex Smolyar e Caio Collet. Enzo Fittipaldi, na primeira volta, ganhou boas posições ao subir de 18º para 14º. Foi um início bastante limpo e sem grandes problemas.

Edgar era escoltado muito de perto por Smolyar. Quando a direção de prova autorizou a abertura da asa móvel, o russo encostou de vez e fez a ultrapassagem no fim da reta dos boxes na abertura da quarta volta. Collet continuava em terceiro, enquanto Fittipaldi seguia em 14º.

ALEX SMOLYAR; JONNY EDGAR; FÓRMULA 3; BARCELONA;
Smolyar faz a ultrapassagem sobre Edgar no fim da reta em Barcelona (Foto: F3/Twitter)

Na volta seguinte, Edgar tentou o troco e quase tocou roda com Smolyar, mas o piloto da ART Grand Prix seguiu na frente. Mais atrás, o pole da corrida principal do fim de semana, Dennis Hauger, ganhava posições importantes depois de ter largado em 12º, subiu para nono depois de deixar Victor Martins para trás e já buscava Frederik Vesti e David Schumacher.

Collet buscou a ultrapassagem em cima de Edgar na volta 9. O brasileiro abriu o DRS para passar o britânico da Carlin, que se defendeu bem. No entanto, ao passar pela curva 3, Caio perdeu pressão aerodinâmica e acabou superado por Clement Novalak, da Trident, e caiu para quarto.

Enquanto Smolyar escapou bem na frente, o segundo pelotão tinha quatro pilotos bem destacados: Edgar, Novalak, Collet e Logan Sargeant, que andava bem com o carro da Charouz. Enzo Fittipaldi disputava com Juan Manuel Correa e Arthur Leclerc, este apenas P13, pela 12ª posição, que vale a primeira colocação no grid da corrida 2.

No pelotão da frente, Edgar era quem mais sofria com o desgaste dos pneus. O piloto apoiado pela Red Bull perdeu performance e foi superado por Novalak e, na volta 15, por Collet, que voltou a uma posição de pódio. Fittipaldi, por sua vez, ultrapassou Correa e se colocou em ótima condição para a corrida 2, enquanto Leclerc vou aos boxes em razão de um problema no pneu traseiro esquerdo.

Com duas voltas para a bandeirada, a direção de prova acionou o safety-car. Oliver Rasmussen escapou na saída da última curva e parou na caixa de brita. O incidente do dinamarquês praticamente encerrou a corrida e definiu a vitória de Smolyar, o pódio de Collet e a primeira posição de Fittipaldi no grid da corrida 2, ainda neste sábado, em Barcelona.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar