F3
12/11/2015 10:27

Bicampeão no Brasil, Pedro Piquet vai disputar F3 Europeia em 2016 na equipe que projetou Verstappen

Pedro Piquet assinou com a holandesa Van Amersfoort para disputar a F3 Europeia na temporada 2016. Equipe é a mesma que projetou Max Verstappen, hoje piloto da Toro Rosso na F1
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Pedro Piquet provou que o acidente forte na Porsche Cup em nada o atrapalhou (Foto: Luca Bassani)

Pedro Piquet já tem uma equipe para sua estreia na F3 Europeia. O piloto de 17 anos vai disputar as 11 rodadas triplas de 2016 do certame, que normalmente corre como evento de apoio ao DTM, com a holandesa Van Amersfoort.
 
A escuderia é a mesma que projetou Max Verstappen, hoje titular da Toro Rosso na F1. O holandês foi terceiro colocado na F3 Europeia em 2014 e saltou direto para o Mundial.
Pedro Piquet vai correr pela mesma equipe que projetou Max Verstappen (Foto: Duda Bairros/Vicar)
“Tive alguns dias de testes com o time e a impressão foi muito positiva”, comentou Pedro. “Teremos um longo ano pela frente, com 33 corridas e mais de 30 carros no grid. Confio que a Van Amersfoort Racing tem a estrutura ideal e profissionais muito competentes para este passo no desenvolvimento da minha carreira, agora na Europa. A equipe brigou pelos títulos da F3 Euro nas últimas temporadas”, ressaltou.
 
“Gostei muito do ambiente no time, que é relaxado e quase familiar e ao mesmo tempo muito determinado a vencer”, completou Piquet, que deve se mudar para a Holanda.
 

Chefe do time que existe desde 1975, Fritz van Amersfoort celebrou a chegada de Pedro e classificou como um elogio ter a equipe escolhida por uma família de renome.
 
“A família Piquet conhece este meio e, para nós, é um grande elogio que Nelson e Pedro optaram por nosso pacote”, disse Van Amersfoort. “Pedro tem a dedicação necessária para ser um piloto de sucesso e nós vamos ajudá-lo a transformar essa ambição em resultados”, garantiu.
Pedro Piquet é bicampeão da F3 Brasil (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Pedro testou pela VAR no inverno passado e, mais recentemente, nos traçados de Spielberg, Nürburgring e Spa-Francorchamps.
 
Antes de iniciar a temporada 2016, entretanto, Pedro tem uma maratona de 15 corridas pela frente, já que vai disputar a Toyota Series, na Nova Zelândia, pela M2 Competition. No total, são cinco fins de semana consecutivos entre 16 de janeiro e 14 de fevereiro, sempre em rodadas triplas.
 

A participação marca o retorno de Pedro à categoria, que disputou em 2014, aos 15 anos. O melhor resultado na competição é um 13º posto. “Tive um rápido contato com a Toyota Racing Series como novato e gostei muito da experiência. Mas agora pretendo competir para ganhar o campeonato antes de ir para Europa”, garantiu.
 
Neste fim de semana, Piquet disputa a oitava etapa da Porsche GT3 Cup dentro da programação do GP do Brasil de F1 em Interlagos.

A prova deste fim de semana também marca o retorno de Piquet à competição nacional após o forte acidente sofrido em Goiânia. No dia 20 de setembro, Pedro teve um toque com Ricardo Baptista, foi para a grama e decolou, dando uma sequência de nove giros no ar.
PADDOCK GP COM FELIPE MASSA: ASSISTA JÁ

Massa é direto: o GP de Cingapura de 2008, aquele da armação protagonizada por Nelsinho Piquet, deveria ter sido...

Posted by Grande Prêmio on Quarta, 11 de novembro de 2015