Com retorno do GP de Pau, FIA divulga calendário de 2014 da F3 Europeia com 11 etapas

Entre as principais mudanças com relação a este ano, a corrida de Monza não fará mais parte do campeonato, enquanto o GP de Pau, além de provas em Spa-Francorchamps e em Ímola, está no cronograma

A FIA divulgou nesta quarta-feira (4) o calendário da temporada 2014 da F3 Europeia. Embora a pista de Monza tenha ficado de fora das 11 etapas marcadas, o certame viu o retorno do tradicional GP de Pau, disputado nas ruas da França, além de provas em Spa-Francorchamps, Hungaroring e Ímola.

Essa, na verdade, não é a primeira vez que o GP de Pau faz parte do cronograma do certame. Em 2012, a prova estava marcada para a F3 Inglesa, mas viu a participação de diversas equipes do campeonato europeu. A ideia era repetir isso neste ano, mas, como o torneio britânico foi reduzido a apenas quatro etapas, somente a F-Renault competiu nas ruas francesas.

Spa-Francorchamps está de volta à F3 Europeia (Foto: F3/Divulgação)

No restante do calendário, a F3 começa nos dias 19 e 20 de abril, em Silverstone, como preliminar da etapa do WEC. Depois, assim como tem acontecido nos últimos anos, fará parte do cronograma do DTM em sete eventos, sendo duas vezes em Hockenheim, além de Norisring, Nürburgring, Hungaroring, Spielberg e Moscou. Ímola e Spa serão disputadas ao lado do WTCC.

O encerramento acontece em 19 de outubro, novamente em Hockenheim, quando o campeão deverá ser conhecido.

Confira o calendário da F3 Europeia em 2014:

19 e 20/04 Silverstone Inglaterra
03 e 04/05 Hockenheim Alemanha
10 e 11/05 Pau França
31/05 e 01/06 Hungaroring Hungria
21 e 22/06 Spa-Francorchamps Bélgica
28 e 29/06 Norisring Alemanha
12 e 13/07 Moscou Rússia
02 e 03/08 Spielberg Áustria
16 e 17/08 Nürburgring Alemanha
11 e 12/10 Ímola Itália
18 e 19/10 Hockenheim Alemanha

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube