F3

Ex-piloto da F3 Open, Toño Fernández morre aos 21 anos após grave acidente de carro na Espanha

José Antonio Fernández da Silva disputou a F3 Open entre 2008 e 2011, conquistando duas vitórias neste período. O jovem sofreu um grave acidente em Torreno, na Espanha. Uma amiga, de 19 anos, também morreu no acidente

Warm Up / Redação GP, de Sumaré

Toño Fernández da Silva, piloto da F3 Open entre 2008 e 2011, morreu na madrugada do último sábado (8), vítima de um grave acidente de carro na cidade de Torreno, Espanha. O jovem asturiano, de apenas 21 anos, guiava um SEAT Ibiza ao lado de uma amiga, de 19 anos, que também morreu no acidente.

Segundo a agência ‘Europa Press’, Fernández dirigia o carro na estrada CL-631, que liga as cidades de Ponferrada e Villablino. Ao cruzar Torreno, o jovem espanhol perdeu o controle do carro ao passar por uma curva e bateu de frente contra um guard-rail. A Guarda Civil de León solicitou o resgate e o envio de uma UTI móvel, mas tanto Fernández quanto tua amiga, cujo nome não foi divulgado, morreram na hora.

Jovem Toño Fernández morreu em acidente de carro na madrugada do último sábado (Foto: Hache Team)

Toño Fernández começou sua carreira no kart, sendo campeão da região de Castilla y León em 2006. Um ano depois, sagrou-se campeão na KZ 125 e foi terceiro colocado da modalidade no campeonato asturiano. A partir de 2008, sua carreira teve início nos monopostos, na F3 Open, baseada na Espanha.

Sua estreia foi na equipe TEC-Auto. O melhor resultado de Toño foi no circuito de rua de Valência, um quinto lugar. A partir de 2009, transferiu-se para a Hache, onde viveu seu melhor momento. Nem tanto em 2009, mas no ano seguinte, quando venceu a etapa de Brands Hatch e beliscou outros dois pódios, terminando a temporada em quinto lugar. Em 2011, Fernández disputou apenas quatro provas, tendo vencido em Valência, mas teve de se retirar do esporte por problemas de saúde.