F3 Europeia: Rosenqvist dá bote na largada, supera Kvyat e triunfa na primeira corrida no Red Bull Ring

O jovem piloto sueco da Mücke reduziu um pouco a diferença para Raffaele Marciello. O italiano, líder da temporada, terminou a corrida na quarta colocação. Pipo Derani cruzou a linha de chegada em 18º

O domínio de Daniil Kvyat na F3 Europeia ficou apenas na sexta-feira. Dono das poles das três provas do fim de semana no Red Bull Ring, em Spielberg, Áustria, o piloto russo foi batido por Felix Rosenqvist na primeira prova da rodada tripla, na manhã deste sábado (1). O talentoso piloto sueco da Mücke ultrapassou Kvyat na primeira curva e rumou para sua terceira vitória na temporada, reduzindo um pouco a enorme vantagem de Rafaelle Marciello, líder do campeonato.

A corrida foi completada por Rosenqvist em 34min49s387 e 24 voltas. Sua vantagem perante Kvyat denota sua supremacia durante a prova. Ao todo, o jovem sueco terminou 14s306 à frente do piloto da Carlin, que não soma pontos para o campeonato, mas conquistou seu melhor resultado como piloto da F3 Europeia.
Rosenqvist abriu o sábado com vitória na F3 Europeia em Spielberg (Foto: F3 Europeia)

Mais atrás, em terceiro, terminou Jordan King, companheiro de equipe de Kvyat na Carlin. O britânico venceu um duelo travado durante boa parte da prova com Lucas Wolf pelo terceiro lugar. O alemão, entretanto, foi perdendo terreno ao longo da corrida depois de ter disputado posição com Tom Blomqvist, errando o ponto de frenagem e tocando no carro do adversário. Desta forma, Wolf foi punido pela direção de prova com o cumprimento de um drive-through.

Marciello fez uma boa prova de recuperação. Depois de ter feito uma pobre classificação e conseguir apenas a 13ª posição no grid de largada da corrida 1, o italiano, apoiado pela Academia de Pilotos da Ferrari conseguiu escalar o pelotão para cruzar a linha de chegada em quarto, diminuindo o estrago e fazendo com que Rosenqvist diminuísse a vantagem em dez pontos, ficando 67,5 pontos atrás de Raffaele, uma diferença ainda bastante considerável em termos de luta pelo título.

Nicholas Latifi, outro jovem talento da Carlin, concluiu a corrida em quinto, terminando logo à frente de Sven Müller, da equipe ma-com. Alex Lynn, companheiro de equipe de Marciello na Prema, foi o sétimo, seguido pelo companheiro Eddie Cheever. Michael Lewis e Lucas Auer completam o rol dos dez primeiros.

Único brasileiro no grid da F3 Europeia no Red Bull Ring, Pipo Derani largou em 20º e, num grid de 28 carros, finalizou na 18ª colocação, ficando sem pontos na etapa matinal no belo circuito em Spielberg.

F3 Europeia, quinta rodada, Red Bull Ring, corrida 1, final:

1 Felix ROSENQVIST SUE Mücke 34:49.387 24 voltas
2 Daniil KVYAT RUS Carlin +14.306  
3 Jordan KING ING Carlin +26.850  
4 Raffaele MARCIELLO ITA Prema +29.182  
5 Nicholas LATIFI CAN Carlin +32.274  
6 Sven MÜLLER ALE ma-con +33.815  
7 Alex LYNN ING Prema +35.358  
8 Eddie CHEEVER III ITA Prema +40.920  
9 Michael LEWIS EUA Mücke +41.657  
10 Lucas AUER AUT Prema +42.151  
11 Roy NISSANY ISR Mücke +44.829  
12 Harry TINCKNELL ING Carlin +44.999  
13 Jann MARDENBOROUGH GAL Carlin +46.820  
14 William BULLER IRN T-Sport +48.796  
15 Antonio GIOVINAZZI ITA Double R +56.215  
16 Lucas WOLF ALE URD +59.128  
17 Tom BLOMQVIST ING Eurointernational +1:03.634  
18 Pipo DERANI BRA Fortec +1:06.935  
19 Sandro ZELLER AUT Jo Zeller +1:11.463  
20 André RUDERSDORF ALE ma-con +1:11.954  
21 Tatiana CALDERÓN COL Double R +1:27.718  
22 Sean GELAEL INA Double R +1 volta  
23 Dennis VAN DE LAAR HOL Van Amersfoort +1 volta  
24 Spike GODDARD AUS T-Sport +1 volta  
25 Mitchell GILBERT AUS Mücke +2 voltas  
26 Mans GRENHAGEN SUE Van Amersfoort NC  
27 Felix SERRALLES PRI Fortec NC  
28 Josh HILL ING Fortec NC  

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube