Félix da Costa reafirma boa fase e tem pole provisória para GP de Macau. Nasr é sexto

Com previsão de chuva para a sexta-feira na China, António Félix da Costa deu um importante passo para brigar pela vitória no GP de Macau ao registrar o melhor tempo da primeira sessão classificatória

Em uma tomada de tempos mais do que equilibrada entre os primeiros colocados, António Félix da Costa sobressaiu e ficou com a pole provisória para o GP de Macau de F3, tradicional prova que acontece neste fim de semana, na China. O português, que integra o programa de jovens pilotos da Red Bull, bateu Felix Rosenqvist e Carlos Sainz Jr. por apenas 0s021.

Esta foi apenas a primeira parte da sessão classificatória. A segunda parte acontece nesta sexta-feira, porém, como há previsão de chuva, pode acontecer de o resultado desta quinta definir as posições de largadas para a corrida preliminar, no sábado.

Da Costa vai se mostrando a grande revelação do automobilismo lusitano nos últimos tempos (Foto: Facebook/Carlin)
Rosenqvist falou, depois do treino, que poderia ter ficado com a pole, porém, sua melhor volta foi interrompida por bandeiras vermelhas, que o impediram de melhorar sua posição final. Depois, quando teve outra chance, cometeu erros que custaram caro.

Alex Lynn, que andou rápido nos treinos livres, terminou somente na quarta posição, à frente do campeão de 2012 da F3 Europeia, Daniel Juncadella. Falando em campeão, o da F3 Inglesa, Jack Harvey, não se destacou e foi somente o 18º.

Dos dois brasileiros que estão em Macau para disputar a vitória no mais difícil vestibular para a F1, Felipe Nasr foi o melhor. Piloto da GP2, o brasiliense foi o sexto colocado e ficou a 0s676 do tempo estabelecido por Félix da Costa. Pipo Derani, por sua vez, terminou na 13ª posição.

F3, GP de Macau, classificação 1:

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube