Forte chuva interrompe corrida 3 da F3 Europeia em Monza e dá vitória a Marciello. Derani é 5º

Raffaele Marciello venceu também a terceira corrida da etapa de Monza da F3 Europeia depois de uma forte chuva interromper a disputa. Pipo Derani, em quinto, marcou os primeiros pontos de 2013

A última corrida da etapa de Monza da F3 Europeia seria uma espécie de desempate entre Raffaele Marciello e Pascal Wehrlein, já que cada um havia vencido uma vez neste fim de semana. E após nove voltas o italiano se sagrou vencedor. Porém, não houve na realidade um duelo entre os dois. É que como a chuva apertou no circuito italiano, a direção de prova acabou forçada a encerrar a corrida mais cedo, acenando a bandeira vermelha.

Justamente pela água em Monza, Marciello saiu em vantagem. Largando da pole-position, o representante da Academia da Ferrari não teve problemas para manter a ponta, já que a saída aconteceu atrás do safety-car. Depois de algumas voltas, o carro de segurança retornou aos boxes, permitindo que os pilotos finalmente acelerassem.

Raffaele Marciello se isolou na liderança do campeonato (Foto: DTM)

Só que acelerar, mesmo, apenas Marciello e Wehrlein conseguiam. Como a visibilidade era muito ruim, o italiano pôde forçar o ritmo, mas sempre seguido de perto pelo rival, que fazia uma trajetória diferenciada para poder enxergar alguma coisa. Desse jeito, debaixo de muita água, os dois rapidamente abriram cerca de 15s para Alex Lynn, o terceiro colocado.

Enquanto isso, pouco a pouco os demais carros iam ficando pelo caminho. Mans Grehagen foi o primeiro a abandonar, e a ele se juntaram Nicholas Latifi, Roy Nissany, Dennis van de Laar, Lucas Wolf, André Rudersdorf, Mitchel Gilbert… Eram tantos os bólidos presos fora da pista que a direção de prova decidiu acionar o safety-car para que eles fossem retirados de locais perigosos.

Nesse momento, a chuva voltou a apertar na Itália. Por isso, a organização decidiu acenar a bandeira vermelha e acabar com a corrida. Com isso, Marciello terminou com a vitória, seguido por Wehrlein e Alex Lynn. Lucas Auer foi o quarto, após o acidente da prova anterior, enquanto Pipo Derani, o único brasileiro no certame, completou em quinto.

O grupo dos dez primeiros ainda teve Harry Tincknell, William Buller, Eddie Cheever III, Jordan King e Tom Blomqvist. Como a corrida foi suspensa com menos de 75% da distância total, apenas metade dos pontos foram distribuídos.

Com os resultados de Monza, Marciello é o líder do campeonato, com 55,5 pontos. Wehrlein aparece em segundo, com 40, mas o alemão não corre mais em 2013, pois passa a se dedicar ao DTM a partir de agora. Por isso, Harry Tincknell, com 20, aparece como maior perseguidor do piloto italiano. Lucas Auer e Tom Blomqvist completam o top-5.

A próxima etapa da F3 Europeia acontece entre os dias 13 e 14 de abril, em Silverstone.

F3 Europeia, Monza, corrida 3, final:

1 Raffaele MARCIELLO ITA Prema 20:05.546 8 voltas
2 Pascal WEHRLEIN ALE Mücke +2.182  
3 Alex LYNN ING Prema +8.455  
4 Lucas AUER AUT Prema +18.823  
5 Pipo DERANI BRA Fortec +21.508  
6 Harry TINCKNELL ING Carlin +23.935  
7 William BULLER IRN T-Sport +29.684  
8 Eddie CHEEVER III ITA Prema +32.987  
9 Jordan KING ING Carlin +37.723  
10 Tom BLOMQVIST ING Eurointernational +39.326  
11 Felix ROSENQVIST SUE Mücke +40.935  
12 Josh HILL ING Fortec +42.195  
13 Antonio GIOVINAZZI ITA Double R +42.927  
14 Jann MARDENBOROUGH GAL Carlin +47.397  
15 Sven MÜLLER ALE ma-con +50.322  
16 Felix SERRALLES PRI Fortec +51.624  
17 Gary THOMPSON IRL Romeos Ferrari +55.293  
18 Sean GELAEL INA Double R +1:03.648  
19 Dmitry SURANOVICH RUS Fortec +1:08.533  
20 Spike GODDARD AUS T-Sport +1:19.309  
21 Michela CERUTTI ITA Romeos Ferrari +1:21.158  
22 Tatiana CALDERÓN COL Double R +1:29.124  
23 Mitchell GILBERT AUS Mücke NC  
24 André RUDERSDORF ALE ma-con NC  
25 Lucas WOLF ALE URD NC  
26 Nicholas LATIFI CAN Carlin NC  
27 Dennis VAN DE LAAR HOL Van Amersfoort NC  
28 Sandro ZELLER AUT Jo Zeller NC  
29 Roy NISSANY ISR Mücke NC  
30 Mans GRENHAGEN SUE Van Amersfoort NC  

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube