Inglesa: Harvey segura Lynn, vence em Donington Park e é campeão da temporada 2012

Jack Harvey dominou a etapa de Donington Park para conquistar o título da temporada 2012 da F3 Inglesa. Ele é o primeiro britânico campeão do certame desde 2006, quando Mike Conway ficou com o caneco

A F3 Inglesa tem um novo campeão, e ele atende pelo nome de Jack Harvey. O piloto da Carlin entrou na última corrida da temporada, neste domingo (30), em Donington Park, como líder do campeonato e não decepcionou. Largando na pole-position, o britânico dominou praticamente de ponta a ponta para ficar com a taça.

Jazeman Jaafar e Felix Serralles podiam impedir a conquista de Harvey, mas os dois não tiveram bons desempenhos. O malaio terminou na terceira colocação, sem conseguir brigar pela ponta em momento algum, enquanto o porto-riquenho teve uma corrida bastante tumultuada, finalizando somente em oitavo.

Pipo Derani terminou em quinto, sendo o melhor brasileiro na disputa.

Jack Harvey venceu neste domingo, mesmo sendo pressionado a prova toda (Foto: F3 Inglesa)

Confira como foi a prova decisiva da temporada 2012 da F3 Inglesa:

A corrida começou com Harvey tracionando bem e mantendo a liderança com vantagem, tanto que terminou a segunda volta com 0s8 para Alex Lynn, o segundo colocado. Jaafar aparecia em terceiro, mas já brigando para ultrapassar o inglês, enquanto Serralles caíra para o quinto posto, atrás também de Pietro Fantin.

Na briga pela ponta, Lynn conseguiu se distanciar de Jaafar e pouco a pouco grudou em Harvey. O piloto da Fortec até conseguiu a ultrapassagem, na volta 11, mas acabou permitindo a retomada de posição do compatriota. A partir daí, o líder do campeonato conseguiu manter uma pequena diferença – cerca de 0s5 – para o adversário.

Longe da briga pela primeira posição, o desespero começou a tomar conta de Felix Serralles, que cometeu um erro na metade da prova, dando uma escapada e perdendo contato com os principais adversários. No retorno à pista, o porto-riquenho quase se tocou em Hannes Van Asseldonk e por muito pouco não foi fim de prova para os dois carros da Fortec.

Serralles conseguiu se recuperar do enrosco e voltou a grudar em Fantin na luta pela quarta colocação. No entanto, o brasileiro acabou rodando nas voltas finais e dessa vez não teve como o porto-riquenho escapar, desabando para a oitava colocação.

Dessa forma, Harvey manteve a diferença para Lynn sob controle e recebeu a bandeira quadriculada para celebrar o título da 2012. Lynn foi o segundo e Jaafar completou o pódio.

Harry Tincknell terminou na quarta colocação, seguido pelos brasileiros Pipo Derani e Pietro Fantin. Hannes van Asseldonk, Felix Serralles, Rupert Svendsen-Cook e Nick McBride completaram o grupo dos dez primeiros. Na National Class, a vitória ficou com Hywel Lloyd.

Harvey terminou a temporada com 319 pontos, contra 306 de Jaafar e 299 de Serralles. Pietro Fantin foi o sétimo e Pipo Derani, o oitavo. Na National Class, o título foi de Spike Goddard.

O piloto inglês comemorou muito o título (Foto: F3 Inglesa)

O campeão – Nascido em 1993, Jack Harvey rapidamente se tornou uma estrela do kart britânico, conquistando uma série de títulos europeus e mundiais, o que atraiu a atenção da Racing Steps Foundation. Assim, a estreia nos monopostos foi cercada de expectativas. Apesar disso, o garoto não correspondeu. Em 2009, fez parte da mesma geração da F-BMW Europeia que revelou Felipe Nasr, Daniel Juncadella e Robin Frijns, mas terminou o ano apenas na oitava colocação, com apenas uma vitória.

O ano seguinte foi melhor para o britânico. O piloto liderou quase toda a temporada 2010, mas acabou com o vice-campeonato – atrás apenas de Frijns – após ser tocado na última rodada, em Monza, por um adversário.

Em 2011, Harvey fez a transição para a F3 Inglesa, trocando a equipe Fortec pela Carlin, quando terminou na nona colocação também com uma vitória. Novamente na escuderia de Trevor Carlin, o garoto venceu sete vezes e obteve dez pole-position para conquistar o título. Jack é o primeiro britânico do certame a ser campeão desde Mike Conway, em 2006.

F3 Inglesa, Donington Park, corrida 3:

 

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube