Iorio encara pista molhada, supera Cunha no fim e vence acidentada corrida 2 da F3 Brasil no Velopark

Carlos Cunha dava pinta de que venceria a segunda corrida da F3 Brasil no Velopark, mas foi superado por um astuto Matheus Iorio. O piloto da Cesário teve paciência para fazer uma bela ultrapassagem no asfalto molhado do Velopark

Matheus Iorio precisou ter paciência para vencer a corrida 2 da F3 Brasil no Velopark, realizada neste domingo (10). Largando em sexto, o piloto da Cesário conseguiu arquitetar um ataque perfeito contra Carlos Cunha, tomando a liderança nas últimas voltas e não dando qualquer chance de reação alheia.
 
A briga ficou mais dramática por causa das condições da pista. A chuva atingiu o Velopark meia hora antes da largada, fazendo que a prova fosse realizada com pista molhada.
Matheus Iorio vibra no Velopark com seu primeiro triunfo em 2016 (Foto: Fabio Davini/Vicar)
Além de proporcionar belas disputas, a pista molhada gerou uma série de acidentes. Pilotos rodando, errando freadas e batendo ou simplesmente atolando na brita… Apenas dez conseguiram cruzar a linha de chegada.
 
Completando o pódio, apareceu Pedro Cardoso. O piloto da Hitech, todavia, esteve muito longe de brigar pela vitória, estando 17s atrás dos ponteiros. Cardoso estava mais ocupado segurando Leonardo de Souza e Matheus Muniz, que fecharam o top-5.
 
Saiba como foi a corrida 2 da F3 Brasil no Velopark
 
A largada foi dada sob safety-car, para que os pilotos pudessem sentir melhor a pista molhada. Depois de um giro, a largada de fato foi dada.
 
Depois de apenas uma volta sob bandeira verde, já estava claro que seria uma prova acidentada. Leandro Guedes parou na pista; Thiago Vivacqua rodou e bateu na barreira de pneus. Ambos deixaram a prova. Renan Pietrowski e Christian Hahn se tocaram em uma freada, mas conseguiram voltar.
Com a pista bem úmida, Velopark teve a largada da corrida 2 da F3 Brasil na manhã deste domingo (Foto: Fabio Davini/Vicar)
Não é surpresa que o safety-car fosse necessário. Neste momento, Carlos Cunha aparecia como líder. Pedro Cardoso, Artur Fortunato, Guilherme Samaia e Yurik Carvalho fechavam o top-5.
 
Enquanto Cunha abria, a briga pelo segundo lugar ficava intensa. Fortunato tentava resistir aos ataques de Samaia, com Iorio em quarto e crescendo. Num lapso de otimismo, Guilherme retardou muito uma freada e encheu a traseira de Artur.
 
Com isso, Iorio escalava para segundo e chegava a sonhar com a vitória. Cardoso, Hahn e Muniz fechavam o top-5.
 
Isso até que Hahn rodasse sozinho na aproximação de uma freada. O piloto não teve nenhuma chance de segurar o carro, passando reto e atolando na brita. O safety-car foi acionado uma vez mais. Por sorte, o paulista, agora na Cesário, conseguiu voltar à prova.
Matheus Iorio se recuperou da quebra de câmbio para vencer no Velopark (Foto: Fabio Davini/Vicar)
Na relargada, Iorio não foi capaz de fazer nada contra Cunha. A dupla abria sobre Cardoso e dava início a uma briga particular pela vitória. Depois de uma volta, o segundo colocado chegou muito perto do líder e começou a ameaçar de vez.
 
Depois de algumas voltas tentando, Iorio conseguiu arquitetar um ataque perfeito. Tracionando melhor, Matheus obrigou Cunha a tomar uma linha defensiva na chicane. Fora do traçado ideal, Carlos virou alvo fácil, sendo ultrapassado nos minutos finais. Assim, o dono do #34 conseguiu reverter um sábado repleto de azar quando abandonou enquanto liderava a prova, justamente à frente de Cunha.
“O segredo foi largar com calma. Logo na saída, o Christian Hahn já rodou na minha frente, e eu já sabia que a pista estava bem difícil de guiar. O pessoal estava tentando tudo na primeira volta, e aí começaram algumas confusões. O safety-car entrou e, na primeira volta, eu já estava me sexto. Fiz a corrida com calma, e até passar o Cunha, estava administrando pneu, mas depois saí esmerilhando tudo porque sabia que ele estava rápido atrás”, comentou o vencedor deste domingo.
 
“De 12º para primeiro numa pista tão pequena como esta, difícil de ultrapassar, mas graças a Deus consegui passar e garanti a vitória”, vibrou Iorio.
Matheus Iorio comemora a vitória na corrida 2 da F3 Brasil no Velopark (Foto: Fabio Davini/Vicar)
Com os resultados deste fim de semana, Carlos Cunha tem a liderança da temporada 2016 da F3 Brasil e soma 27 pontos. Pedro Cardoso, terceiro lugar neste domingo, acumula 16, enquanto Iorio, graças à vitória na corrida derradeira no Velopark, tem 15. Guilherme Samaia tem 12, enquanto Arthur Fortunato fecha o rol dos cinco primeiros. Na classe Light, Renan Pietrowski, vencedor das duas corridas do fim de semana em Nova Santa Rita, tem 30 pontos, contra 24 do jovem Pedro Caland. Leandro Guedes segue sem pontos.

A F3 Brasil volta à pista em 5 de junho para a disputa da segunda rodada dupla da temporada, com lugar em Santa Cruz do Sul, no interior do Rio Grande do Sul.

PADDOCK GP #23, FALA SOBRE FITTIPALDI E FIM DE SEMANA MOVIMENTADO NO ESPORTE

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube