Japonesa: em Fuji, Nakayama vence última prova de 2012. Suzuki chega em segundo e Hirakawa é campeão

No encerramento da temporada de 2012, o brasileiro Rafael Suzuki voltou a subir ao pódio na F3 Japonesa, com um segundo lugar em Fuji. Terceiro colocado, Ryo Hirakawa sagrou-se campeão do certame

Neste domingo (14), chegou ao fim, em Fuji, no Japão, a temporada de 2012 da F3 Japonesa. Dia que terminou com festa para três pilotos: Yuichi Nakayama, vencedor da última corrida do ano, Rafael Suzuki, que voltou a subir ao pódio, e Ryo Hirakawa, que chegou na terceira colocação e assegurou o título do certame.

Preliminar do Mundial de Endurance, a prova viu Nakayama manter a pole-position na largada e Suzuki pular para a segunda posição, à frente de Hirakawa. Dali em diante, a ordem dos pilotos seguiu a mesma. O líder abriu 7s2 para Suzuki antes de completar as 15 voltas programadas, enquanto o brasileiro cruzou a linha de chegada 2s1 antes de Hirakawa.

Último pódio de 2012 na F3 Japonesa (Foto: Junya Sasaki)

Após terminar sua participação no campeonato da F3 Japonesa, Suzuki analisou como foi sua passagem pela categoria ao longo do ano de 2012. “Esse ano foi um desafio correr com o modelo antigo dos F3. No começo, admito que pareceu impossível competir contra os F312, mas, durante o ano, trabalhamos muito e foi gratificante ver a diferença diminuindo”, exaltou.

“Eu me senti mais forte nas corridas do que dois anos atrás”, disse Suzuki, que já havia participado da F3 Japonesa em 2010. “Aprendi muito com a equipe, e por muitas vezes superamos a equipe oficial da Honda. Só tenho elogios a eles, mal posso esperar por 2013”, completou o piloto paulista.

Suzuki possui um bom retrospecto no Fuji Speedway. Nas oito corridas que disputou no circuito, localizado na cidade de Shizuoka, o brasileiro subiu ao pódio sete vezes.

Hirakawa terminou o ano com 118 pontos. Nakayama fechou a temporada com o vice-campeonato, com 105 tentos anotados nas 15 corridas disputadas. Suzuki foi sexto, com 38 pontos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube