Sem ameaças, Rosenqvist vence com facilidade primeira corrida da F3 Euro em Nürburgring. Sette Câmara é 11º

Felix Rosenqvist saiu na ponta, largou muito bem e, com um companheiro o protegendo, jamais foi perturbado. É a terceira vitória seguida do sueco após as duas últimas de Portimao, abrindo 58,5 pontos a cinco corridas do fim da temporada

Felix Rosenqvist chega mais e mais próximo de enfim conquistar o título da F3 Europeia – em seu quarto ano na categoria. O sueco largou na pole-position ao lado do companheiro Nick Cassidy e conseguiu disparar na largada, tornando tudo mais tranquilo com um escudeiro de vantagem para o resto do pelotão.
 
Daí por diante, após a largada, Rosenqvist jamais foi sequer ameaçado. Ele se livrava bem da pressão já que os únicos dois carros que o acompanhavam brigavam ferozmente entre si pela segunda colocação. Suficiente para terminar com uma frente de 6s491.
 
"Eu foquei apenas na largada, porque isso é 90% da corrida. Minha saída foi perfeita – creio que tenha sido uma das minhas melhores. Eu apenas sentia  bem o carro, tentava abrir uma distância e manter", avaliou.
Felix Rosenqvist venceu mais uma (Foto: F3 Euro)
A tal briga feroz entre os outros membros do pódio terminou com Cassidy se segurando na frente de Callum Ilott. O piloto de 16 anos da Carlin mostrou mais uma vez que arrojo não falta a ele – foi a primeira ida ao pódio dele no ano. 
 
Muito atrás dos três primeiros, Charles Leclerc até tentou atacar Illot nas primeiras curvas, mas foi relegado ao quarto lugar. Terceira colocado no campeonato, o monegasco agora vê suas chances de conquista encolherem a quase nada – são 66,5 pontos atrás de Rosenqvist.
 
De Leclerc até o vice-líder Antonio Giovinazzi, o décimo colocado, foi todo mundo praticamente colado. Mikkel Jensen, Markus Pommer, Santino Ferrucci, Arjun Maini e Lance Stroll terminaram entre os dois.
 
Os brasileiros Sérgio Sette Câmara e Pietro Fittipaldi terminaram em 11º e 15º lugar, respectivamente. 
 
A diferença de Rosenqvist para Giovinazzi com apenas cinco provas para o fim da temporada é de 58,5 tentos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube