Wehrlein supera Marciello e se despede da F3 Europeia com vitória na corrida 2 de Monza

O piloto alemão, que foi contratado de última hora pela Mercedes no DTM, conquistou a vitória na segunda corrida de Monza. A prova foi encerrada com safety-car após um grave acidente entre Jordan King, Mans Grenhagen e William Buller

Se preparando para estrear no DTM, Pascal Wehrlein mostrou que a escolha da Mercedes por ele para substituir Ralf Schumacher não foi por acaso. É que o piloto alemão superou Raffaele Marciello em um duelo emocionante para ficar com a vitória na segunda corrida da F3 Europeia, neste domingo (24), em Monza. Único brasileiro no certame, Pipo Derani fechou em 19º.

Na verdade, foi o próprio germânico quem largou na pole-position. Como a corrida foi disputada debaixo de muita chuva, o safety-car comandou as primeiras voltas. E quando o carro de segurança saiu, Wehrlein não conseguiu manter a ponta por muito tempo. O alemão cometeu um erro na primeira curva, permitindo a ultrapassagem de Marciello.

O safety-car foi o grande nome da corrida de Monza (Foto: DTM)

A partir daí, coube ao novo contratado da Mercedes tirar a diferença para o rival pouco a pouco. Mesmo com o germânico mais rápido, não chegou a haver um duelo entre os dois. É que Marciello acabou sendo atrapalhado por Spike Goddard, que se recuperava de uma rodada, e precisou espalhar a trajetória de uma curva, permitindo, assim, a ultrapassagem de Wehrlein.

Na volta seguinte, um grande acidente acionou mais uma vez o carro de segurança. Mans Grenhagen, que ocupava a nona posição, acertou a traseira de Jordan King e decolou. No pouso, o carro do sueco caiu em cima do equipamento de William Buller, eliminando os três pilotos das provas. Apesar da gravidade, todos saíram ilesos.

Como faltavam apenas duas voltas, Wehrlein recebeu a bandeira quadriculada na frente, seguido por Marciello. Lucas Auer, que havia largado na terceira colocação, perdeu o controle atrás do safety-car inicial e bateu na barreira de pneus, abandonando a disputa. Com isso Tom Blomqvist subiu para terceiro, completando o pódio.

Félix Rosenqvist terminou em quarto, seguido por Harry Tincknell e Alex Lynn. Felix Serralles acabou encerrando a corrida na sétima posição, após ser beneficiado pelo acidente de Grenhagen. Josh Hill, Pipo Derani e Sven Müller completaram o grupo dos dez primeiros colocados.

Entretanto, após a prova, a organização do certame puniu o brasileiro em 30s por ter ignorado uma bandeira preta e laranja, derrubando-o para a 19ª posição. Assim, Dennis van de Laar foi promovido ao décimo posto, marcando um ponto. Jann Mardenborough, o piloto descoberto pela Nissan em um jogo de videogame, foi o 11º.

F3 Europeia, corrida 2, Monza:

1 Pascal WEHRLEIN ALE Mücke 37:18.470 14 voltas
2 Raffaele MARCIELLO ITA Prema +2.569  
3 Tom BLOMQVIST ING Eurointernational +3.018  
4 Felix ROSENQVIST SUE Mücke +5.160  
5 Harry TINCKNELL ING Carlin +6.964  
6 Alex LYNN ING Prema +7.888  
7 Felix SERRALLES PRI Fortec +8.804  
8 Josh HILL ING Fortec +9.279  
9 Sven MÜLLER ALE ma-con +10.584  
10 Dennis VAN DE LAAR HOL Van Amersfoort +11.095  
11 Jann MARDENBOROUGH GAL Carlin +12.842  
12 Antonio GIOVINAZZI ITA Double R +13.273  
13 Eddie CHEEVER III ITA Prema +15.346  
14 André RUDERSDORF ALE ma-con +15.752  
15 Nicholas LATIFI CAN Carlin +16.496  
16 Sean GELAEL INA Double R +17.106  
17 Roy NISSANY ISR Mücke +17.747  
18 Lucas WOLF ALE URD +18.791  
19 Pipo DERANI BRA Fortec +20.140  
20 Gary THOMPSON IRL Romeos Ferrari +20.600  
21 Sandro ZELLER AUT Jo Zeller +21.510  
22 Dmitry SURANOVICH RUS Fortec +22.014  
23 Tatiana CALDERÓN COL Double R +24.581  
24 Spike GODDARD AUS T-Sport +1 volta  
25 William BULLER IRN T-Sport NC  
26 Jordan KING ING Carlin NC  
27 Mans GRENHAGEN SUE Van Amersfoort NC  
28 Mitchell GILBERT AUS Mücke NC  
29 Michela CERUTTI ITA Romeos Ferrari NC  
30 Lucas AUER AUT Prema NC  

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube