Com volta de Londres e sem São Paulo, Fórmula E anuncia calendário 2019/20 com 12 etapas

Duas cidades estão oficialmente no calendário da temporada 2019/20 da Fórmula E: Londres e Seul. O mapa do campeonato foi divulgado após reunião do Conselho Mundial da FIA, mas ainda deixou duas dúvida: qual a corrida de dezembro e qual cidade da China que vai receber a segunda prova de março. Jornada vai de novembro até julho

Após meses de discussões sobre o que seria do calendário da Fórmula E na temporada 2019/20, finalmente a categoria chegou a uma decisão. O anúncio foi feito na tarde desta quinta-feira (13) na sequência da resolução do Conselho Mundial da FIA. O campeonato vai contar com 12 etapas, 14 corridas e visitar ao menos duas novas cidades: Seul e Londres.

 
O 'ao menos' tem uma razão. Há uma etapa ainda a ser confirmada para o dia 14 de dezembro, no que será a segunda etapa do campeonato. Em tese, é o espaço que foi de Marrakech nos últimos anos, mas agora há uma dúvida. A etapa esperada para a China no dia 21 de março ainda não conta com uma sede confirmada. Sanya foi quem recebeu a corrida na atual temporada e segue favorita para receber a prova em 2020, mas as cidades Xi'An e Chengdu ainda estão no páreo. Hong Kong, entretanto, deixou de ser dúvida para permanecer no calendário em seu novo espaço, o dia 1º de março.

O campeonato vai começar mais cedo que vinha acontecendo. A Fórmula E abandonou a ideia da corrida nataliana, que era esperada para Ad Diriyah, na Arábia Saudita, no fim de semana dos dias 21 e 22 de dezembro. Ao contrário, adiantou para um mês antes, nos dias 22 e 23 de novembro.

Seul (Foto: Reprodução/Twitter)
O status de novas cidades são diferentes entre si. Londres funcionou como encerramento das duas primeiras temporadas, então no Battersea Park, mas sempre sofreu uma chuva de críticas e oposição ferrenha do conselho de moradores local. Foi por isso que saiu do calendário, mas a FE sempre admitiu que tinha o desejo de correr na capital inglesa. A nova pista vai passar pelas famosas Royal Docks e pelo centro de exposições ExCel London, com uma parte indoor e uma parte outdoor. E novamente vai encerrar o campeonato, com uma rodada dupla nos dias 25 e 26 de julho.
 

Seul, por outro lado, ainda não havia oficializado o acordo, mas todos os envolvidos já sabiam que havia o acerto. A Fórmula E tem o interesse em atrair alguma das várias montadoras do mercado sul-coreano, e uma corrida na capital do país é fundamental nessa estratégia. O plano geral era de posicionar a etapa de Seul para março, junto com Hong Kong e a prova chinesa anda a ser definida, mas problemas climáticos nesta época do ano acabaram fazendo com que a categoria empurrasse a data para 3 maio, entre as provas de Paris e Berlim. 

No mais, além das dúvidas sobre Marrakech e Sanya, a Suíça aparece descartada. Nem Zurique e nem Berna receberam sequer um espaço a ser confirmado no calendário em meio às etapas europeias. Desta feita, a temporada 2019/20 da FE vai durar 8 meses entre novembro de 2019 e julho de 2020.

 
Fórmula E, temporada 2019/20, calendário oficial:

  DATA ETAPA
1 22/11 AD DIRIYAH – ARÁBIA SAUDITA
2 23/11 AD DIRIYAH – ARÁBIA SAUDITA
3 14/12 A SER ANUNCIADO
4 18/1 SANTIAGO – CHILE
5 15/2 CIDADE DO MÉXICO – MÉXICO
6 1/3 HONG KONG
7 21/3 A SER ANUNCIADO – CHINA
8 4/4 ROMA – ITÁLIA
9 18/4 PARIS – FRANÇA
10 3/5 SEUL – CORÉIA DO SUL
11 30/5 BERLIM – ALEMANHA
12 20/6 NOVA YORK – EUA
13 25/7 LONDRES – INGLATERRA
14 26/7 LONDRES – INGLATERRA
 

Paddockast #22
O que torna uma corrida de qualquer categoria legal? E chata?

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube