BMW confirma Günther e saída de Da Costa para temporada 2019/20 da FE

Destaque da Dragon na temporada passada, Maximilian Günther foi confirmado como um dos pilotos da BMW para o próximo campeonato da Fórmula E. Fábrica também confirmou a esperada saída de António Félix da Costa

A BMW confirmou Maximilian Günther como um de seus pilotos para a temporada 2019/20 da Fórmula E. A montadora também oficializou que António Félix da Costa está de saída após seis anos representando o time, inclusive em outras categorias como WEC e DTM.

 
Com 22 anos, Günther teve destaques nos anos em que correu na F3 Euro, fez uma temporada pela F2 e foi contratado para disputar a temporada 2018/19 com a Dragon. Mesmo substituído por Felipe Nasr em três corridas, conseguiu somar 20 pontos, com os quintos lugares nos ePs de Paris e Berna, batendo o companheiro de equipe José María López.
 
"Estou ansioso pelo retorno de Maximilian Günther para a família BMW. Observamos seu desempenho na última temporada. Ele conseguiu o máximo do carro e alcançou bons resultados. Ter um piloto com histórico na BMW é um bom encaixe", declarou o diretor Jens Marquardt, citando o passado de Günther com a BMW, onde iniciou sua carreira em 2011.
António Félix da Costa deixa a BMW após seis anos (Foto: BMW)
Sexto colocado na temporada passada, António Félix da Costa deixa a BMW somando uma vitória, em Ad Diriyah, e outros três pódios. Ele é alvo da DS Techeetah, que procura um parceiro para Jean-Éric Vergne após a partida de André Lotterer para a Porsche.
 
A BMW também citou que o segundo piloto será anunciado nas próximas semanas, antes dos testes de Valência, em outubro. Alexander Sims foi o parceiro de Félix da Costa na temporada passada. A primeira corrida da temporada será em Ad Diriyah, no dia 22 de novembro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube