GUIA FE 2019/20: Pós-revolução, Fórmula E apara arestas e recebe novas gigantes

Um ano após as muitas e agressivas modificações nos carros e no livro de regras para revolucionar a categoria, a Fórmula E quer continuidade. Dentro disso, buscar aparar arestas e, ao mesmo tempo, conta com a consolidação de fábricas gigantes e a entrada de novas

Neste momento há um ano, a Fórmula E encarava outro tipo de discussões. Como seria o novo carro, o que era o modo ataque, como ficaria a corrida sem pit-stops? Tudo foi respondido e, seja qual for a opinião do leitor, a categoria concluiu que foi um sucesso. Para a temporada 2019/20, a intenção é ajustar e fazer com que as pancadas de pista sejam menos preponderantes na disputa por posição. 

 
Não é a única coisa, claro. BMW e Nissan vão para o segundo ano de seus trens de força, ao passo que Mercedes e Porsche chegam de vez. A expectativa é que a Fórmula E veja crescimento do pelotão intermediário e uma embolada pesada com aqueles times que saírem na frente. É muito improvável que algum time dispare ou que se abra uma 'FE A' com duas ou três equipes, como na F1. 
 
Entre os pilotos, a Fórmula E recebe novatos de diferentes sortes. Brendon Hartley traz o calibre de um ex-F1 e, como Neel Jani, campeão mundial de endurance. Nyck de Vries é o atual campeão da F2 e vai para os carros elétricos de forma direta, ao passo que Nico Müller chega veterano do DTM. 
 

Paddockast # 42
QUEM É VOCÊ NO GP DO BRASIL?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube