FE

Ainda sem pontos no campeonato, Vandoorne chega na FE e anota pole do eP de Hong Kong. Di Grassi é 5º

O treino de classificação para o eP de Hong Kong, já na madrugada deste domingo (10), contou com uma chuva crescente que até atrasou a Superpole. E a HWA, última equipe a pontuar, buscou a pole com Stoffel Vandoorne

Grande Prêmio / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro
Chuva que foi, que voltou e ganhou força conforme a Superpole se aproximava. Foi essa a tônica do treino classificatório para o eP de Hong Kong, realizado no começo da madrugada deste domingo (10). A disputa da pole-position precisou ser atrasada em cinco minutos para que as condições fossem verificadas. Uma vez que a briga da pole começou, de fato, foi ferrenha. E terminou com Stoffel Vandoorne saindo-se melhor.  

A briga com Vandoorne foi, no final das contas, com Oliver Rowland. O inglês de Barnsley tinha a dianteira, mas viu o belga atropelar com 0s323 de vantagem. A segunda fila teria Edoardo Mortara encabeçando, mas o italiano foi punido com três posições de punição por desrespeitar a bandeira vermelha causada por Jean-Éric Vergne durante os grupos. 
 
Sem Mortara, que caiu para sexto, a segunda fila fica com André Lotterer e Gary Paffett, que cometeu um erro no começo da volta e ficou com o quarto lugar. Lucas Di Grassi também errou no contorno da curva um e terminou em sexto - impulsionado para quinto após Mortara ser penalizado.
 
Sam Bird e Sébastien Buemi vieram na sequência, com Felipe Massa na nona colocação e Robin Frijns fechando o top-10.
 
Nelsinho Piquet e Felipe Nasr largam nas posições 15 e 16. Por conta da instabilidade climática, o grupo um teve voltas ótimas e péssimas. E Jérôme D'Ambrosio, líder do campeonato, larga na última colocação - já havia saído em 20º no México, quando conseguiu terminar em quarto na prova. Pascal Wehrlein, novato que mais chama atenção até agora, sai somente em 21º.
 
A largada está marcada para as 5h03 (de Brasília).
Stoffel Vandoorne (Foto: HWA)
Confira como foi o treino classificatório:
 
Grupo 1 - Jérôme D'Ambrosio, António Félix da Costa, Sam Bird, Lucas Di Grassi e Pascal Wehrlein
 
Como os cinco primeiros colocados do campeonato reagiriam a um treino com chuva moderada? O começo foi com uma linha de voltas no campo de 1min14s. Assim fizeram Da Costa e Wehrlein, ao passo que D'Ambrosio andou um pouco mais lento.
 
Mas uma surpresa veio na sequência, com os dois últimos a abrir voltas rápidas. Bird cravou em 1min12s529, enquanto Di Grassi emendou um giro ainda melhor, em 1min12s321, e saiu com a dianteira. 
 
Grupo 2 - André Lotterer, Robin Frijns, Jean-Éric Vergne, Mitch Evans e Edoardo Mortara
 
Com diminuição importante da chuva para o segundo grupo, o caminho era que os tempos começassem a melhorar e novamente jogasse os líderes do campeonato para longe. E assim foi, porque Mortara já subiu para o terceiro lugar mesmo na volta em que não despejou a potência completa. Quando andou para valer, foi para a ponta: 1min12s156.
 
Evans foi quem se apressou para sair na frente no grupo e não se deu bem: foi mais rápido que as Mahindra e Da Costa, mas acabou sendo mais lento que todo o resto de seu grupo. Frijns, líder do TL2, fechou atrás do companheiro Bird, apenas em quinto.

Vergne ficou pouco à frente de Evans, ao passo que o companheiro de DS Techeetah, Lotterer, subiu para segunda colocação. A questão com Vergne foi ter batido no muro enquanto completava a volta. Depois de fechar o tempo, rodou. Mas uma bandeira vermelha foi acionada para limpar a pista antes do grupo seguinte. 
ROBIN FRIJNS (Foto: Virgin)
Grupo 3 - Daniel Abt, Alexander Sims, Sébastien Buemi, Oliver Rowland, Oliver Turvey e Felipe Massa
 
Quem se adiantou no terceiro grupo foi Massa. Com a chuva novamente mais forte, Felipe escapou do traçado original para fazer a curva um e perdeu muito tempo. Mesmo assim cruzou na quinta colocação, que viraria sétimo ao fim do grupo.
 
Rowland, que se apresentou como o piloto mais rápido do grid durante os treinos livres, fez uma volta totalmente agressiva e balançando a traseira do carro conseguiu subir para a liderança: 1min12s140. Buemi, o parceiro de Nissan, não teve a mesma agressividade e ficou em sexto. 
 
Abt passou somente em nono, enquanto Sims foi décimo - no que até agora é uma etapa para esquecer por parte da BMW. Turvey ficou apenas com a 13ª colocação.
 
Grupo 4 - José María López, Nelsinho Piquet, Tom Dillmann, Gary Paffett, Stoffel Vandoorne e Felipe Nasr
 
A HWA veio para a brincadeira! Paffett e Vandoorne também apostaram em giros muito agressivos, quase grudando nos muros. Gary foi na frente e passou para o primeiro lugar, mas Vandoorne tomou a ponta dele instantes depois. 
 
Nasr, que saíra na frente, conseguiu anotar um 16º posto - melhor do que havia andado mais cedo. Piquet foi mais rápido, mas apenas um pouco e ficou em 15º. Dillmann foi para 11º e López fechou no 14º posto. 
 
Antes da Superpole, Vergne se deu mal e teve a melhor volta apagada por ter causado a bandeira vermelha. 
Lucas Di Grassi (Foto: Audi)
Superpole - Vandoorne, Paffett, Rowland, Mortara, Lotterer e Di Grassi

Após um atraso de cinco minutos por causa da forte chuva em Hong Kong, Di Grassi passou direto na curva um e quase pegou no muro. Evitou, mas comprometeu demais a volta dela. Lotterer, na sequência, já passou na frente por 1s3. Mortara andou bem, foi ainda melhor. E seguindo a tendência de melhoras, Rowland antou na casa dos 1min11s e partiu para a dianteira. 
 
Quem quebrou a correr foi Paffett. O veterano campeão do DTM também errou no começo do giro e consertou o suficiente para permanecer à frente de Di Grassi. Só faltava Vandoorne, que voou na chuva e partiu para a pole. O belga, que ainda não tinha pontos no campeonato, confirmou a primeira pole-position dele. 
 
Antes do fim da classificação, uma penalização foi definida para Mortara: acelerar sob a bandeira vermelha causada por Vergne, ainda na fase de grupos. Punido com três posições, caiu de terceiro para sexto. 

FE, eP de Hong Kong, Grid de largada:

1 S.VANDOORNE BEL HWA VENTURI 1:11.580    
2 O.ROWLAND ING NISSAN 1:11.903 +0.323  
3 A. LOTTERER ALE TECHEETAH DS 1:12.868 +1.288  
4 G.PAFETT ING HWA VENTURI 1:13.033 +1.453  
5 L.DI GRASSI BRA AUDI 1:14.177 +2.597  
6 E.MORTARA ITA VENTURI 1:12.310 +0.730  P + 3
7 S.BIRD ING VIRGIN AUDI 1:12.529 +0.949  
8 S.BUEMI SUI NISSAN 1:12.529 +0.949  
9 F.MASSA BRA VENTURI 1:12.570 +0.990  
10 R.FRIJNS HOL VIRGIN AUDI 1:12.600 +1.020  
11 T.DILLMANN FRA NIO 1:12.839 +1.259  
12 D.ABT ALE AUDI 1:12.850 +1.270  
13 A.SIMS ING BMW 1:12.861 +1.281  
14 J.M.LÓPEZ ARG DRAGON PENSKE 1:13.073 +1.493  
15 N.PIQUET BRA JAGUAR 1:13.421 +1.841  
16 F.NASR BRA DRAGON PENSKE 1:13.885 +2.305  
17 M.EVANS NZL JAGUAR 1:13.920 +2.340  
18 J.E. VERGNE FRA TECHEETAH DS 1:13.927 +2.347  
19 O.TURVEY ING NIO 1:14.133 +2.553  
20 A.FÉLIX DA COSTA POR BMW 1:14.384 +2.804  
21 P.WEHRLEIN ALE MAHINDRA 1:14.830 +3.250  
22 J.D'AMBROSIO BEL MAHINDRA 1:15.347 +3.767