Animado com pontos em Hong Kong, Piquet parte para Marrakech com meta de brigar com “os carros mais rápidos”

Quarto na estreia pela Jaguar, Nelsinho Piquet teve um resultado acima do esperado. Agora pensando no eP de Marrakech, o brasileiro não só pensa em pontuar como também quer desafiar equipes mais poderosas

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O bom fim de semana de estreia pela Jaguar deixou Nelsinho Piquet com boas expectativas para a sequência da temporada. Quarto colocado na corrida 1 da FE em Hong Kong, o brasileiro parte para o eP de Marrakech ainda recordando um fim de semana que superou as expectativas.
 
“O primeiro fim de semana com a Jaguar foi além de minhas expectativas”, disse Piquet. “Começar a temporada marcando pontos é extremamente positivo, mas nosso trabalho está longe de terminar”, seguiu.
 
Piquet foi o 12º colocado na corrida 2 e não pontuou, mas os pontos somados na primeira prova deixam o brasileiro em sétimo no campeonato liderado por Sam Bird.
Nelsinho Piquet (Foto: Jaguar)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Depois de quase beliscar um pódio, Piquet não achar exagero mirar a disputa contra as equipes com carros “mais rápidos”.
 
“Todos no time trabalharam duro desde Hong Kong para chegarmos a Marrakesh ainda mais competitivos, com capacidade para disputar com os carros mais rápidos. Foi positivo termos mostrado nosso pontencial na estreia, mas é uma temporada longa e que está apenas começando”, encerrou.
 
O eP de Marrakech está marcado para este sábado (13). Na temporada 2016/17, a prova marroquina foi decepcionante para Nelsinho, que cruzou a linha de chegada em 16º quando ainda defendia a NIO.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube