Da Costa comemora vitória em Mônaco após “manobra mais arriscada na Fórmula E”

António Félix da Costa superou Mitch Evans na volta final do ePrix de Mônaco e conquistar a vitória na sétima etapa da temporada. Com o resultado, o português subiu no campeonato e entrou na briga pelo título

Sette Câmara escapou na última curva, bateu e larga em último nas ruas de Mônaco (Vídeo: Fórmula E)

O ePrix de Mônaco entregou emoções até o último momento possível. No giro final, António Félix da Costa superou Mitch Evans na saída do túnel para conquistar a vitória nas ruas monegascas. A disputa pelo primeiro lugar, aliás, foi uma das mais movimentadas durante toda a corrida.

Depois de largar na pole, o piloto português envolveu-se em disputas pelas liderança contra Robin Frijns e, posteriormente, com Mitch Evans. Por isso, a vitória foi tão emocionante para Félix da Costa.

“Eu sabia que a corrida seria bem complicada no controle da energia e nós tivemos uma estratégia perfeita”, afirmou o piloto da DS Techeetah.

A festa de António Félix da Costa após a conquista em Mônaco (Foto: Fórmula E)


Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Quantas mudanças na liderança nós tivemos? Isso não acontece em outras categorias. Foi minha manobra mais arriscada na Fórmula E. Não achei que conseguiria, mas amo correr contra esses caras, foi duro e ainda leal”, completou.

Após a etapa de Mônaco, sétima do calendário da Fórmula E 2021, Félix da Costa subiu para a quarta colocação no campeonato, com 52 pontos. O líder do certame agora é Robin Frijns, com dez a mais que o português.

LEIA MAIS
Frijns aproveita apagão da Mercedes e vira líder da Fórmula E. Confira classificação
Sette Câmara explica acidente em Mônaco: “Passeava ou arriscava”

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar