Após mudança para evitar ‘monopólio’ da Mahindra, chefe da Andretti assume liderança da Associação de Equipes da F-E

Roger Griffiths, chefe da Andretti na F-E, vai assumir a liderança da FET - a Associação de Equipes da categoria - ao lado de Jim Wright após a renúncia de Dillbagh Gill. O chefe da Mahindra foi escolhido para ficar, mas como o outro líder da FET, Jim Wright, agora também trabalha na equipe indiana, quis evitar problemas

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A Associação das Equipes da F-E, a FET, vai mudar de comando. Depois de uma temporada com Dillbagh Gill à frente, agora Roger Griffiths, da Andretti, é quem sentará numa das cadeiras principais ao lado de Jim Wright, da Mahindra.

 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
No último ano, Gill, chefe da Mahindra, havia trabalhado junto a Wright no comando da organização. O que aconteceu, porém, foi que Wright deixou a Venturi, equipe em que trabalhava, e foi para a mesma Mahindra do indiano. Gill não quis que uma equipe somente dominasse o conselho – isso apesar de ter sido escolhido para permanecer.

 
"Quando começamos a associação, tínhamos em conta que teríamos uma rotação de que time teria o chefe como líder. Parecia que eu ficaria um ano extra com Jim, o que começamos a fazer. Mas agora eu acho que é um bom momento para sair, porque Jim se juntou à Mahindra e não queremos conflito com nos dois trabalhando tão próximos", disse Gill ao site norte-americano 'Motorsport.com'.
Roger Griffiths ao lado de Michael Andretti (Foto: Andretti)
"Faz sentido para Roger fazer isso não apenas porque ele faz um bom trabalho, mas também porque trabalha nos Grupos de Trabalho Técnico e Esportivo [junto com Jean-Paul Driot, da Renault e.dams]. Uma pessoa buscando os interesses dos times, especialmente esse ano crucial em muitas formas, tecnicamente e comercialmente, é uma boa política", seguiu.
 
Todos os times contam com representantes na FET, que se reúne em todos os fins de semana de corrida para discutir todas as questões possíveis desde parte técnica até conflitos de calendário. E agora terá Griffith, o homem de confiança de Michael Andretti na F-E, para liderar.

O primeiro chefe da FET foi Alex Tai, da Virgin, na primeira temporada.

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube