FE
13/08/2018 12:17

Após primeira temporada de uso, FE revela que novos troféus foram desenvolvidos por universitários

A Fórmula E revelou como foi o processo de criação dos novos troféus da categoria, estreados na recém-encerrada temporada 2017/18. De acordo com a categoria, os modelos foram projetados por alunos da universidade Central Saint Martins, de Londres
Warm Up / Redação GP, do Rio de Janeiro
 Jean-Éric Vergne beija o troféu de campeão (Foto: FE)
"Fórmula E. Adrenalina ainda saindo de suas veias como se fosse eletricidade. Aumente sua visão da pista e deixe seus olhos encontrarem o público. Acostume-se, abrace. Quando você me abraçar, tudo estará calmo novamente. Como se o mundo estivesse respirando. Tudo que você tentou aquilo que aumentou seus batimentos cardíacos, o que te fez cravar o pé no pedal, agora é história. A história que você fez, a história que você está segurando em suas mãos, a história que está na liderança para o futuro."
 
O campeão da Fórmula E na temporada 2019/20 irá receber essa mensagem talhada no novo modelo de troféu da categoria, assim como Jean-Éric Vergne recebeu após o eP de Nova York do último mês de julho. O campeonato fez uma parceria com a universidade londrina Central Saint Martins, voltada para arte, e desenvolveu um troféu com a intenção de ter um design "singular como a categoria". Após o fim da primeira temporada com os novos prêmios, a FE resolveu explicar o processo.
 
Vários alunos apresentaram projetos, mas o troféu dos vencedores de campeonato foi o desenvolvido pela sueca Ellen Nyqvist. A descrição da categoria é que se trata de "uma mistura de cores e curvas, com uma prosa [que abre o texto], escrita na borda da placa dourada, composta para encapsular o significado do prêmio e seu lugar na história - duradouro, atemporal e para sempre marcado na história como um campeão".
Os três primeiros colocados do campeonato e seus respectivos troféus (Foto: FE)
Outro aluno, Sarunas Plyskaitis, desenvolveu o modelo entregue a cada corrida nas cerimônias de pódio - e para a equipe que vencer o Campeonato de Construtores. "O elegante estilo fluido é baseado no eletrificador 'E' no logo da Fórmula E."
 
"Colaborar com uma instituição criativa mundialmente reconhecida, como a Central Saint Martin, foi uma honra. A criatividade e a interpretação que tinham da nossa marca foram ótimas de ver. Queríamos criar troféus que seriam únicos. Ellen e Sarunas entregaram isso rapidamente e com dinamismo, beleza e estilo", disse Steven Aspinall, diretor de design da FE e ex-estudante da universidade.
 
Paul De'Ath, chefe de design de produção da Central Saint Martins, também se manifestou. "Ter a oportunidade de mostrar o produto criativo da Central Saint Martins no setor em franco crescimento e animador de veículos elétricos e esporte a motor é um incrível exemplo de como arte e design podem ser engajadas de forma bem sucedida com o negócio progressivo da FE", seguiu.
 
Os troféus voltam à baila em 15 de dezembro, com o eP de Riad de abre a nova temporada.