Audiência da Fórmula E dobra em 2021 após dificuldades com pandemia em 2020

Nove dos 12 meses de 2020 não tiveram qualquer corrida da Fórmula E. Com calendário melhor equilibrado em 2021, a audiência televisiva subiu 125%, revelou o site RaceFans

Verstappen aplica novo domínio e vence: os melhores momentos do GP da Áustria (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

O momento é de reação na Fórmula E. Um ano após as dificuldades de uma temporada interrompida pela Covid-19, a categoria dá sinais de estar recuperando sua popularidade original. Números divulgados pelo site RaceFans apontam um aumento de 125% na audiência televisiva na comparação entre 2020 e 2021.

De acordo com o site, a disparidade é consequência da versão final do calendário de 2019/20. A última etapa antes da pandemia estourar foi em fevereiro de 2020, com o retorno apenas em agosto. Foi nesse mês que a categoria realizou seis corridas em nove dias em Berlim, finalmente arrematando a temporada. Ou seja, nove dos 12 meses do ano foram completamente ociosos quando o assunto é carro na pista.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Largada da segunda corrida da rodada dupla do eP de Puebla (Foto: FIA Fórmula E)

Além disso, algumas das corridas em Berlim sofreram para se destacar. Duas delas foram realizadas no mesmo fim de semana da Fórmula 1, que realizava o GP do Aniversário de 70 anos em Silverstone. As duas últimas etapas do ano, por sua vez, conflitaram com a retomada da Liga dos Campeões, principal campeonato europeu de futebol.

Um calendário relativamente normalizado em 2021 mudou o panorama, ajudando a audiência. A Fórmula E abriu a temporada em fevereiro e segue até agosto, somando um total de 15 corridas.

A próxima etapa, por sinal, é já nesta semana. A FE realiza rodada dupla em Nova York, com corridas nos dias 10 e 11 de julho.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar