Bridgestone ganha ‘ok’ da FIA para ser fornecedora de pneus da Fórmula E em 2027

Depois de tentar voltar à Fórmula 1 e ser preterida pela Pirelli, a Bridgestone fechou acordo com a Fórmula E para retornar às competições de monopostos no fim de 2026

Estreante como fornecedora de pneus da Fórmula E na temporada 2022/23, a Hankook já está com seus dias contados na categoria. De acordo com informações do portal inglês The Race, a Bridgestone garantiu acordo para se tornar a nova fabricante de compostos da modalidade a partir da temporada 2026/27, a 13ª de sua história, que prevê a estreia do carro Gen4. Será a retomada da empresa japonesa no cenário de monopostos desde seu último ano na Fórmula 1, em 2010.

Desta forma, a sul-coreana Hankook será a fornecedora da Fórmula E por quatro temporadas inteiras, compreendendo todo o ciclo dos carros Gen3 — que terão uma nova homologação em 2024/25. A partir da estreia dos Gen4, a japonesa Bridgestone assume o posto.

Relacionadas


A proposta da Fórmula E para os pneus da quarta geração compreende dois tipos de compostos, algo inédito na história da categoria. O baseline — ou básico — apresenta algo próximo do que já é utilizado atualmente, com ranhuras e projetados tanto para o clima seco quanto para a chuva leve.

Em casos de chuva extrema, entretanto, entrará em cena o typhoon — ‘tufão’ ou ‘furacão’, em tradução literal —, adotados para “garantir segurança em climas extremamente adversos”. O uso do segundo tipo será obrigatório em situações de muita chuva, como no eP de Londres que encerrou a temporada 2022/23.

A Hankook estreou em 2023 na Fórmula E e vai seguir até a temporada 2025/26 (Foto: LAT/Fórmula E)

A categoria chegou a analisar a possibilidade de adotar pneus slicks — sem ranhuras, como os da Fórmula 1 — para o Gen4, mas a revisão final do projeto não incluiu o termo. A possibilidade ainda existe, porém, de que a quarta geração inclua ao menos os primeiros testes com compostos do tipo.

O acordo da Bridgestone com a Fórmula E vem na esteira da tentativa da fabricante de voltar à Fórmula 1, que preferiu estender seu acordo com a Pirelli até 2027. A empresa foi fornecedora da categoria entre 1997 e 2010, mas acabou substituída pela concorrente italiana. Agora, prepara seu retorno às competições de monopostos para o fim de 2026, quando a modalidade elétrica projeta iniciar sua 13ª temporada.

A temporada 2023/24 da Fórmula E está marcada para começar no dia 13 de janeiro, com o eP da Cidade do México, no Autódromo Hermanos Rodríguez. No ano que vem, a categoria ainda passa por DiriyahHyderabadSão PauloTóquioMisanoMônacoBerlimXangaiPortland e Londres.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Formula E direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.