Com 14 etapas e sem Brasil, Fórmula E divulga calendário provisório para temporada 7

O próximo campeonato da Fórmula E começou a ser desenhado. Nesta sexta-feira (19), a categoria divulgou o calendário da temporada 7 com 14 corridas e Coreia do Sul como novidade

A sétima temporada da Fórmula E já começa a ser desenhada. Nesta sexta-feira (19), a FIA anunciou o calendário provisório da categoria, que tem previsão de início em janeiro e encerramento em julho – e sem o Brasil.

Embora a FE e a entidade máxima do automobilismo tratem a próxima temporada como 2020/21, todas as datas de corridas estão programadas para o ano que vem, começando em 16 de janeiro em Santiago.

Depois da ida ao Chile, vai ao México, Arábia Saudita em rodada dupla, China, Itália, França, Mônaco, Coreia do Sul, Alemanha, Estados Unidos e termina no Reino Unido também com duas corridas. Das 14 etapas previstas, há uma prova a ser anunciada.

O calendário da sétima etapa da FE (Foto: Fórmula E)

A próxima temporada vai ser a primeira da história da FE sendo reconhecida como um campeonato mundial pela FIA. Outra novidade é a chegada de Seul, primeira vez no calendário. Já Berlim figura por mais um ano, sendo a única cidade a estar nos sete campeonatos.

Mesmo com datas definidas, os circuitos de Roma, Mônaco, Seul e Londres ainda estão sujeitos a homologação.

A temporada 2019/20 da Fórmula E foi fortemente afetada pelo coronavírus. Para conseguir encerrar o campeonato, vai realizar seis corridas em nove dias entre os dias 5 e 13 de agosto. Todas acontecem no Aeroporto de Tempelhof, em Berlim, e vai usar três layouts diferentes.

16/1SANTIAGOCHI
13/2CIDADE DO MÉXICOMEX
26/2DIRIYAHKSA
27/2DIRIYAHKSA
13/3SANYACHN
10/4ROMAITA
24/4PARISFRA
8/5MÔNACOMON
23/5SEULKOR
5/6TBCTBC
19/6BERLIMALE
10/7NOVA IORQUEEUA
24/7LONDRESUK
25/7LONDRESUK

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube