Com “abordagem humilde”, Wolff vê bom início, mas deixa alerta para Mercedes

Toto Wolff está acompanhando de perto a estreia da Mercedes na Fórmula E. Na Arábia Saudita, o chefão se fez presente nos boxes da equipe, mostrando satisfação com o desempenho de Stoffel Vandoorne e Nyck De Vries na classificação para a corrida 1

Toto Wolff se fez presente na estreia da Mercedes na Fórmula E. O chefão acompanhou de perto a atuação de Stoffel Vandoorne e Nyck De Vries na classificação na Arábia Saudita, ficando satisfeito com o que foi feito na pista.
 
Em Ad Diriyah, os 24 pilotos do grid da categoria elétrica foram para a pista em quatro grupos para a tomada de tempos. A dupla da equipe alemã conseguiu se colocar entre os seis mais velozes para brigar pela superpole.

Então, Vandoorne conseguiu garantir o segundo posto do grid de saída ao anotar 1min14s839, enquanto De Vries se colocou em terceiro com o tempo de 1min14s929. O desempenho, obviamente, deixou o dirigente bastante animado, apesar de querer manter os pés no chão.

Toto Wolff (Foto: Reprodução)

“Você adota uma abordagem humilde. Não tínhamos o sentimento de sermos competitivos desde o começo. Tivemos um bom início, muito melhor do que no pior cenário. Precisamos ter uma boa largada, mas não nos deixar levar”, comentou.

 
Quem ficou com a pole-position para a corrida inaugural da temporada 2019/20 da Fórmula E foi Alexander Sims, que cravou a marca de 1min14s563. A etapa na Arábia Saudita é em rodada dupla e a corrida 1 acontece ainda nesta sexta-feira (22), às 8h30.

Vale lembrar que Wolff não esteve no GP do Brasil da Fórmula 1 acompanhando a equipe. A principal categoria do automobilismo mundial desembarca em Abu Dhabi na próxima semana para o encerramento do campeonato.
 

Paddockast #42
QUEM É VOCÊ NO GP DO BRASIL?

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube