FE

Com paddock a 800 m do pit-lane, equipes encaram problema logístico para eP de Berna

Por conta da distância entre os pontos, ligados pela rua Papiermuhlestraße, equipes terão janela de 20 minutos antes de cada atividade para levar carros e equipamentos até o pit-lane e operar em sistema de pit-lane remoto, onde o paddock fica fechado

Grande Prêmio / Redação GP, do Rio de Janeiro
A Fórmula E está de chegada na capital da Suíça para o primeiro eP de Berna, marcado para o próximo sábado, 22 de junho. Mas as equipes já sabem que vão ter se desdobrar do ponto de vista logístico durante todo o dia da corrida. Por conta da natureza da área, o paddock e a pista estão separados por pouco mais de 800 metros.
 
A prova vai ser realizada numa pista de aproximadamente 2,8 km e que conta com diversas retas, na intenção de contar com um traçado diferente daqueles que já aparecem no calendário anual da categoria. Entretanto há um preço a ser pago por essa intenção.
 
As equipes vão ter cerca de 20 minutos [antes da corrida] para encaminhar carros e equipamentos para o pit-lane por meio da Papiermuhlestraße, avenida que liga os dois pontos distantes. 
Traçado do eP Berna (Foto: FE)
Por conta disso, os times decidiram utilizar o sistema de pit-lane remoto. O paddock, localizado dentro das instalações da Bern Expo junto do espaço para imprensa e TV, não será acessado durante as atividades de pista. É algo que já aconteceu, no eP de Montreal de 2017.
 
"Tivemos vários desafios, sim, mas as equipes terão um espaço livre [do paddock] para o pit-lane, então já estão bem posicionais e tudo deve correr bem. Está de acordo com o plano, e o circuito está absolutamente lindo com planos de fundo incríveis", afirmou Pascal Derron, promotor da corrida.
 
Derron ainda argumentou que as relações entre os promotores e o conselho local de moradores - que já causaram problemas para diversas corridas na Europa - são abertas.
 
"Levamos as preocupações dos residentes muito a sério. A comunicação tem sido boa, fizemos três eventos onde eles puderam fazer perguntas e nós criamos um jornal inteiro de coberturas com informações para o acesso e os perímetros das ruas e controle de tráfego. Todos os pontos cruciais [estavam lá]", garantiu.
 
A área de ativação do modo ataque em Berna será posicionada entre as curvas 7 e 8, numa zona mais lenta do lado direito da pista. Esse trecho resulta numa pequena reta que leva direto para a reta grande, dos boxes. A expectativa dos organizadores, por ser um trecho mais lento, é que não gere tanta perda de tempo para os pilotos.
 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.