FE

Com vantagem de Vergne, rivais têm de resistir ao sábado para brigar no domingo

Os 32 pontos de Jean-Éric Vergne para cima de Lucas Di Grassi - e mais de 40 para os outros seis postulantes ao título - torna a decisão de Nova York distante de brigas comuns por título. Todos os rivais do francês vão precisar sobreviver ao sábado para que possam ir para o tudo ou nada no domingo, que de um jeito ou de outro Vergne vai começar liderando

Grande Prêmio / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro
Chegou a hora do vamos ver. Pela segunda vez a decisão da Fórmula E será realizada no circuito de rua do Brooklyn, em Nova York. A partir da próxima temporada, o calendário aponta Londres como palco do desfecho do campeonato. Mas a Cidade que Nunca Dorme já se tornou uma sede tradicional da categoria uma vez que está no mapa desde 2017 e vai seguir ao menos até 2020. E, agora, Jean-Éric Vergne é quem tem um enorme favoritismo para fazer da cidade mais cosmopolita do mundo o maior palco das suas glórias.
 
Foi Vergne, afinal, quem se sagrou campeão por lá na temporada passada: o grande título da carreira do francês. De lá para cá, Vergne cresceu um pouco mais como piloto, assumiu um papel de líder e chega para esta decisão com vantagem de 32 pontos para o vice-líder, Lucas Di Grassi, com 58 tentos em disputa.
 
Há duas realidades verdadeiras e paralelas em jogo na decisão do fim de semana. Primeiro, que Vergne é favoritíssimo para o bicampeonato. 32 pontos é uma quantidade enorme e que não engana. Não há qualquer conta de um rival que possa depender de si mesmo para ser campeão. Ainda que Di Grassi ou qualquer outro vença as duas corridas, anote as duas poles e crave as voltas mais rápidas, não conta com qualquer garantia de que será campeão. Tudo depende de Vergne. 
Vem aí o eP de Nova York (Arte: Michelin)
A segunda realidade, tão verdadeira quanto apesar de estranha quando sobreposta à primeira, é o elevado e impressionante número de oito pilotos chegando à decisão como postulantes ao título. Vergne tem enorme vantagem, mas não deixa de ser digno de nota que tanta gente chegue sonhando na decisão. Aliás, que se nota, além de Vergne e Di Grassi os outros possíveis campeões do domingo são Mitch Evans, André Lotterer, António Félix da Costa, Robin Frijns, Sébastien Buemi e Daniel Abt
 
Evans está 43 pontos atrás de Vergne e inicia a cascata do sexteto que termina em Abt, 12 pontos atrás dele e 55 atrás de Vergne. 
 
Qualquer que seja a chance que todos tenham de título, está no treino de classificação no sábado. Sobretudo os cinco primeiros, que têm chances mais palpáveis e estão no grupo inicial da classificação, precisam contar do pulo do gato e que saiam direto para a Superpole. De preferência, precisam que todos os rivais próximos façam o mesmo e se coloquem à frente de Vergne. Quanto pior for o francês na classificação, mais vai precisar garimpar espaço na corrida, mais vai se arriscar e mais longe estará dos pontos altos. 
Jean-Éric Vergne em Sanya (Foto: DS)
É esse o cenário com que podem contar, e só esse. Assim é que vão terminar o sábado com uma sobrevida para lutar no domingo. É certeza, seja qual for o desfecho do sábado, que Vergne vai começar o domingo na liderança. A questão é saber em qual situação. 
 
Na manhã do domingo, com a Brooklyn Bridge como pano de fundo, Vergne pode ser o campeão, seguir com uma esmagadora vantagem ou se ver é ameaçado. Aí, então, a briga será de ordem completamente diferente da que é imaginada um dia antes, nesta sexta-feira.
 
Entre oito vencedores diferentes e um grande favorito que se formou, ainda há muito pelo que brigar na etapa final. 

Resultado de imagem para logo Michelin png 
Corrida: eP de Nova York
 
Circuito: Brooklyn Street Circuit
 
Extensão da pista: 2.320 km

Curvas: 14
 
Inscritos: 11 equipes, 22 pilotos
 
Calendário (horários de Brasília):
 
Sábado, 13 de julho:
8h30-9h15 – FE TL1
9h35-10h05 
 eTrophy Classificação
11h00-11h30 
 FE TL2
12h45-13h50 – FE Classificação
15h-15h35 
 eTrophy Corrida
17h03-18h – eP de Nova York (45 minutos + 1 volta)

Domingo, 14 de julho:
9h-9h30 
 eTrophy Classificação 2
10h-10h45 
 FE TL3
12h45-13h50 
 FE Classificação
15h-15h35 
 eTrophy Corrida 2
17h03-18 
 eP de Nova York 2 (45 minutos +1 volta)
 
Vencedores anteriores:
2017 (1) - Sam Bird
2017 (2) - Sam Bird
2018 (1) - Lucas Di Grassi
2018 (2) - Jean-Éric Vergne 
 
Volta mais rápida: 
Maro Engel, Venturi - 1min03s883 16 de julho de 2017
 
Último pole-position: 
Sébastien Buemi, Renault - 1min17s973, 15 de julho de 2018
 
Pneus: Michelin Pilot Sport
 
Previsão do tempo para o sábado: Dia ensolarado, 24 - 31ºC. Sem cances de chuva.
Previsão do tempo para o domingo: Dia ensolarado, 26 - 32°C. Sem chances de chuva.

 
TV: Fox Sports (14h45, tanto no sábado quanto no domingo)


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.