FE

Di Grassi lamenta pontos perdidos após acidente e abandono em Sanya: “O campeonato está muito difícil”

Lucas Di Grassi estava na sexta posição no eP de Sanya até se envolver em acidente com Sébastien Buemi e Robin Frijns. Piloto lamentou os importantes pontos perdidos no campeonato, mas afirma que a disputa ainda está em aberto. Brasileiro da Audi é o sexto colocado no campeonato

Grande Prêmio / Redação GP, de Campinas
Lucas Di Grassi não teve sorte no eP de Sanya, disputado no último sábado (23). O brasileiro ocupava a sexta posição na corrida, que lhe dava o segundo lugar no campeonato de pilotos da Fórmula E, mas acabou envolvido em um acidente causado por Sébastien Buemi e que vitimou também Robin Frijns. Os danos no carro o impediram de seguir na prova. 

Após a corrida, o campeão da temporada 2016-17 lamentou os importantes pontos que perdeu, já que caiu para a quinta posição no campeonato, com dez de diferença para o português António Félix da Costa, da BMW, que é o novo líder.
Lucas Di Grassi (Foto: Audi)
"O campeonato está muito difícil e a sexta posição perdida hoje era valiosa em termos de briga pelo título. Até aquele momento, fazíamos uma boa corrida", disse Di Grassi.

A próxima etapa da Fórmula E acontecerá em Roma, daqui três semanas. Apesar dos pontos perdidos na China, o piloto da Audi falou sobre o equilíbrio do campeonato, que teve seis vencedores de seis equipes diferentes até o momento.
 
"A sexta posição era uma boa. Foi uma pena. Mas vamos continuar lutando...O campeonato está inteiramente em aberto e nós vamos pra cima", finalizou.