Dragon mantém Sette Câmara e surpreende com Giovinazzi para Fórmula E 2022

Antonio Giovinazzi ficou apenas alguns minutos sem trabalho: rapidamente surgiu como novo piloto na Dragon, pela Fórmula E. Sérgio Sette Câmara será a dupla

Todos os ângulos da polêmica disputa entre Max Verstappen e Lewis Hamilton no Brasil (Vídeo: Fórmula 1)

Não foi apenas a Fórmula 1 que teve uma manhã de anúncios nesta terça-feira (16): a Fórmula E também resolveu aparecer com confirmações. Mais que isso: confirmações que dependiam daquelas feitas pela Fórmula 1. A Dragon abriu o dia confirmando Sérgio Sette Câmara e causando surpresa com a contratação de Antonio Giovinazzi como dupla para a temporada 2022.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Inicialmente, Sette Câmara foi o único confirmado. O brasileiro chegou na equipe para as últimas corridas em 2020 e foi mantido para a temporada seguinte. No primeiro ano completo no grid, Sette Câmara conquistou 16 dos 47 pontos da Dragon. Suficiente para convencer de que merecia permanecer.

“Fico muito feliz e orgulhoso por continuar com a Dragon Penske em 2022. A Fórmula E é um dos campeonatos mais competitivos no mundo e darei tudo que for possível para obter os resultados merecidos. Estou determinado a voltar mais forte”, afirmou Sérgio.

“Ele já demonstrou o talento para correr”, disse o dono da Dragon, Jay Penske. “Minha expectativa é que ele entregue resultados sólidos e consistentes”, finalizou. Pela assessoria de imprensa, a equipe disse que que Sette Câmara “continuou a ter um papel central no desenvolvimento dos softwares e outros sistemas de controle desde o fim da temporada, trabalhando na fábrica de Silverstone para refinar o conjunto”.

Sérgio Sette Câmara fica (Foto: Dragon)

Mas a surpresa mesmo veio algumas horas depois. Após a Alfa Romeo anunciar Guanyu Zhou como companheiro de equipe de Valtteri Bottas na Fórmula 1 em 2022, a Dragon se adiantou e soltou a bomba: Giovinazzi sairá do time ítalo-suíço na F1 direto para seus quadros na FE.

“Assim que foi tornado público que eu não estaria na F1 no ano que vem, decidi participar do Campeonato Mundial de Fórmula E. É uma categoria que eu sempre acompanhei, e estou animado por fazer parte da Dragon Penske neste campeonato no qual eu já fiz um teste três anos atrás. Quero agradecer a Jay Penske, que mostrou interesse imediato em contar comigo. Mal posso esperar pelo meu primeiro teste, em Valência, no fim do mês. Temos um ano importante à frente, farei o máximo para ajudar”, comentou.

Giovinazzi ocupa a vaga que pertenceu a Nico Müller e Joel Eriksson ao longo do campeonato passo. Nos últimos meses, Daniil Kvyat teve o nome ligado à Dragon, mas as conversas não terminaram em acordo.

LEIA TAMBÉM
+Opinião GP: Hamilton traduz amor ao Brasil com recital em Interlagos que traz alma à F1

“Antonio é um dos pilotos mais talentosos do mundo. Estou orgulhoso de tê-lo na equipe. Com Antonio e Sérgio, temos sorte por contarmos com uma das duplas mais fortes da categoria”, falou Jay Penske.

A Dragon está na Fórmula E desde a concepção na categoria e a expectativa geral é de que permaneça durante toda a era dos carros Gen3, marcada para começar em 2023. A gigante alemã Bosch está apalavrada para trabalhar junto à Dragon na concepção do novo motor.

A temporada da Fórmula E começa somente no fim de janeiro, mas os testes coletivos de pré-temporada estão marcados para Valência entre os dias 29 de novembro e 2 de dezembro.

F1: Hamilton CONQUISTA Brasil + Retratação | Paddock GP #268
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar