Dragon negocia com Müller para próxima temporada da Fórmula E

Candidato ao título do DTM, Nico Müller negocia para entrar no grid da Fórmula E na próxima temporada. Piloto suíço está bem próximo de fechar contrato com a Dragon e dividir garagem com o neozelandês Brendon Hartley

Brigando pelo título de 2019 da DTM, o piloto suíço Nico Müller é o favorito para assumir a segunda vaga da Dragon e entrar para o grid da Fórmula E na temporada 2019-20. A informação é do site ‘e-racing365.com’.

 
A Dragon resolveu mudar a sua dupla de pilotos após o fim dos contratos de José María López e Maxilimilian Günther. O time ficou em penúltimo no Campeonato de Construtores, com apenas 23 pontos. No começo de agosto, a equipe confirmou que o neozelandês Brendon Hartley, ex-Fórmula 1 e ex-campeão do WEC, será um dos novos pilotos.
 
Müller ainda não testou pelo time, mas é o candidato número um para assumir a vaga e tem negociações bem avançadas. A Dragon tem até o dia 22 de outubro, um mês antes da abertura do campeonato, para oficializar os pilotos para sua participação.
Nico Müller (Foto: DTM)
Com 27 anos de idade, Müller vive sua melhor fase no DTM, somando duas vitórias e 214 pontos no campeonato, 20 atrás do líder René Rast, com duas etapas restantes para o fim da temporada. Caso siga na categoria de turismo em 2020 e assine com a Dragon, deve dividir as ações da mesma maneira que o holandês Robin Frijns, que também compete nas duas categorias.
 
A próxima etapa do DTM acontece no fim de semana dos dias 14 e 15 de setembro, com a rodada dupla de Nürburgring, e o campeonato se encerra em outubro, em Hockenheim. A Fórmula E tem início em novembro, com duas corridas em Ad Diriyah, na Arábia Saudita.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube