FE

Em busca do bicampeonato da FE, Vergne promete ser mais veloz em corridas e abandonar estilo 'tático'

Jean-Éric Vergne pode ser o atual campeão da Fórmula E, mas isso não impede o piloto de querer mudar seu estilo. Para o francês, que foi segundo na etapa inaugural da nova temporada, o plano é ser mais veloz em corridas do que foi em 2017/18

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
Atual campeão da Fórmula E, Jean-Éric Verge começou bem a temporada 2018/19: terminou em segundo a etapa inaugural, na Arábia Saudita, atrás apenas de António Félix da Costa.

Mas se dizem que "em time que está ganhando não se mexe", com Vergne não é bem assim: segundo o francês, em entrevista ao 'Autosport', o plano em relação à última temporada foi alterado.

Vencedor de quatro corridas no ano em que foi campeão, Vergne saiu da pole em três destas ocasiões. Ou seja: ele triunfou de maneira 'tática', segundo o próprio, precisando mais defender que atacar. Agora, quer inverter esta situação.
Jean-Éric Vergne (Foto: Techeetah)
"No último ano, nas corridas que venci eu não acho que tenha sido muito rápido", disse ele. "Foi mais uma questão de me defender."

"Nesse ano eu tentei evoluir e ser mais rápido na corrida. Então creio que estou mais focado nisso do que na última temporada e é onde pretendo me manter", comletou.

Em Ad Diriyah, o piloto da Techeetah largou em quinto e se tornou líder, até ser punido com um drive-through. Mostrando seu plano, conseguiu se recuperar para ir ao pódio.

A FE volta no próximo final de semana, dia 12, para a etapa de Marrakesh, no Marrocos.