Extreme E cancela etapas de Brasil e Argentina por situação da pandemia no continente

Em comunicado divulgado no começo da tarde desta sexta-feira (11), Extreme E confirmou que etapas do Brasil e Argentina ficaram para 2022

Claudia Hürtgen sofreu um acidente assustador durante a classificação da Extreme E na Arábia Saudita (Vídeo: Extreme E)

A novata Extreme E, ainda no primeiro ano de trajetória, teve um dia cheio nesta sexta-feira (11). Além do anúncio de que a McLaren entra na categoria a partir do ano que vem, o campeonato confirmou que as etapas de Brasil e Argentina, que encerrariam a temporada 2021, estão cancelados por razão do descontrole da pandemia do novo coronavírus na América do Sul.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

A categoria, que passou por Arábia Saudita e Senegal nas duas etapas realizadas até aqui, ainda passa pela Groelândia antes das datas previstas no continente. A etapa brasileira estava marcada para os dias 23 e 24 de outubro em Santarém, no Pará, em terras amazônicas; depois, em 11 e 12 de dezembro, fecharia o calendário com uma prova na Terra do Fogo, o Ushuaia, área glacial.

Entretanto, as dificuldades logísticas de países onde a situação da Covid-19 segue altamente preocupante fez com que o campeonato decidisse adiar a estreia dos eventos para o ano que vem.

A Extreme E faz sua estreia em 2021 (Foto: Divulgação)

“A Extreme E confirma que está buscando destinos alternativos para as duas últimas corridas de 2021 por conta da situação atual da Covid-19 na América do Sul”, informou. “Tendo monitorado de perto a situação global da pandemia, decidimos adiar a visita à região até a segunda temporada”, disse.

“Vamos continuar a dar suporte às nossas iniciativas de reflorestamento e agrossilvicultura que já estão sendo realizadas graças ao Dr. Francisco Oliveira e à [ONG] The Nature Conservancy. Agradecemos também às autoridades locais no Brasil e na Argentina”, finalizou.

Agora, o objetivo é encontrar dois locais que possam receber a Extreme E e manter o calendário com as cinco etapas originais neste primeiro ano. De acordo com a revista inglesa Autosport, uma das possibilidades é um evento nas Ilhas Ocidentais da Escócia, algo que seria casado à realização da Conferência sobre a Mudança Climática da ONU, em Glasgow, no mês de novembro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar