FE

FE vive fase loteria com seis vencedores em seis provas, mas precisa acabar com 'viagens' como modo ataque

A Fórmula E passa por uma temporada de equilíbrio total com seis pilotos e equipes diferentes vencendo nas seis primeiras etapas. No entanto, para os jornalistas do Paddock GP, a categoria peca pela artificialidade

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo

O equilíbrio impressionante na classificação geral da Fórmula E esconde diversos problemas da temporada 2018/19 da categoria. Para Edgard Mello Filho, no Paddock GP #152, o tal 'modo ataque', novidade do atual campeonato, é um deles. Segundo a bancada, a artificialidade tem tomado conta. ASSISTA.