Fórmula E estuda possibilidade de realizar etapa na África do Sul

A categoria elétrica pode ir para a Cidade do Cabo no futuro. Possíveis traçados já foram desenhados e como afetar o mínimo a cidade e o tráfego também estão entre as principais preocupações

A Fórmula E caminha para ter uma nova praça no futuro. Uma empresa apoiada pela Jaguar revelou o interesse de levar a categoria elétrica para a África do Sul, realizando uma corrida na Cidade do Cabo.
 
Os estudos para uma possível prova no local já começaram em 2019. Três possíveis desenhos de traçados já foram feitos para avaliar o acesso da cidade para receber uma etapa do campeonato.
 
A companhia, chamada e-Movement, vai trabalhar em conjunto com os oficiais da Cidade do Cabo, com a Jaguar da África do Sul e “outras partes interessadas”.
 
“Como ponto de partida, o traçado preliminar e como se encaixa na cidade – assim como as propostas de desenvolvimento ao redor da pista identificada – foram fatores chave na avaliação da adequação da Cidade do Cabo”, falou Iain Banner, diretor da empresa.
A Fórmula E vai para Marrakech a quatro temporadas (Foto: BMW)
“O objetivo primário foi desenhar um layout de circuito que tivesse o mínimo de impacto na cidade, requeresse o mínimo de trabalho de construção, atrapalhasse o mínimo o tráfego geral e, especialmente, deixasse um legado”, continuou.
 
Caso a corrida aconteça, vai ser a segunda da Fórmula E no continente. Marrocos também recebe a categoria elétrica com o eP de Marrakech, no calendário nas quatro últimos campeonatos.
 
Um representante da FE afirmou que “estamos no processo de analisar a possibilidade de trazer a FE para a Cidade do Cabo e começamos um estudo inicial, com o objetivo de ver alguns locais com potencial para receber o circuito.”
 
“Todas as discussões têm sido positivas até o momento e é encorajador ter a Cidade do Cabo na lista de candidatas para receber a categoria nas temporadas futuras. Como uma plataforma global para promover a adoção de carros elétricos, estamos sempre abertos a novas e animadoras oportunidades para expandir nosso alcance e atrair novas audiências”, seguiu.
 
No ano passado, a Fórmula 1 já revelou ter interesse em realizar corridas na África no futuro. Os dois lugares de maior interesse da categoria são Kyalami e Marrakech.
 

Paddockast #50
GRANDES PROMESSAS QUE NÃO VINGARAM

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube