Dennis controla corrida 2 da Fórmula E em Valência e leva vitória surpreendente

Jake Dennis largou da pole-position e viu rivais diretos brigando e perdendo tempo. Isso ajudou o britânico a manter tudo sob controle e conseguir o primeiro triunfo na Fórmula E

Sem bateria, Da Costa perde potência e liderança na abertura da última volta (Vídeo: Fórmula E)

24 horas após o caos, a Fórmula E teve um domingo (25) mais tranquilo em Valência. A categoria foi para um dia de pista seca e, com pilotos mais comportados, conseguiu uma corrida mais estratégica. Quem tirou proveito disso foi quem largou da pole-position: Jake Dennis controlou a corrida de forma próxima da perfeição e venceu pela primeira vez no certame elétrico.

Dennis começou a prova mais preocupado em poupar energia, o que permitiu pressão de Alex Lynn, então segundo colocado. Não havia garantia alguma de vitória, mas tudo ficou mais calmo tão logo Lynn foi tocado por Norman Nato, indo para a brita. Com o francês punido em 5s, os dois estavam fora de combate, permitindo que Jake apenas administrasse tudo até a bandeira quadriculada. O piloto da BMW é novato, conseguindo seu primeiro triunfo.

Jake Dennis venceu a primeira na Fórmula E (Foto: Fórmula E)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

André Lotterer herdou o segundo lugar, com Lynn em terceiro. Oliver Rowland foi quarto, com Norman Nato fechando o top-5. René Rast, Jean-Éric Vergne, Oliver Turvey, Edoardo Mortara e Lucas Di Grassi fecharam a zona de pontos.

Alguns dos protagonistas da luta pelo título tiveram dias difíceis. A dupla da Mercedes, por exemplo, nem pontuou: Nyck de Vries foi 16°, enquanto Stoffel Vandoorne bateu. Por sorte, nenhum outro piloto do top-5 do Campeonato de Pilotos pontuou também. Isso permite a De Vries manter a liderança do Campeonato de Pilotos.

Saiba como foi a corrida 2 da Fórmula E em Valência:

A corrida 2 do fim de semana teria Jake Dennis na pole-position. O alemão voou em uma pista úmida, mas agora teria de mostrar velocidade em uma completamente seca. O sol brilhante já tinha secado tudo por completo para a hora da largada.

Dennis segurou a liderança, aproveitando uma largada cautelosa de Alex Lynn. Oliver Turvey manteve o terceiro lugar, com Norman Nato em quarto. Tom Blomqvist, Jean-Éric Vergne, André Lotterer, Oliver Rowland, António Félix da Costa e Sébastien Buemi fechando o top-10. Sérgio Sette Câmara e Lucas Di Grassi estavam respectivamente em 11° e 18°.

Dennis, apesar da pole-position, claramente não era o mais rápido no pelotão dianteiro. Lynn estava colado no piloto da BMW, que tinha poucos décimos de vantagem. Só que o da Mahindra era cauteloso também. A ousadia ficava por conta de Sette Câmara, que passou Buemi e entrou na zona de pontos, em décimo. Mais uma volta e o brasileiro também passou Da Costa, ficando em nono.

Norman Nato andou bem na Espanha, mas viu a vitória escapar (Foto: Venturi)

Os minutos passavam e a paciência ia lentamente se esgotando. Turvey ultrapassou Nato e subiu para terceiro, enquanto Vergne deixava Blomqvist para trás, virando quinto. Lynn, por sua vez, seguia encaixotado atrás de Dennis, mas economizando tanta energia quanto possível.

Fora da zona de pontos, alguns protagonistas tentavam recuperar terreno. Di Grassi subiu para 13° após uma classificação ruim, ultrapassando Sette Câmara, que começava a perder terreno. Vandoorne e De Vries, enquanto isso, apareciam só em 16° e 17°.

O modo ataque só virou um fator na dianteira após 15 minutos de prova. Turvey foi o primeiro a ativar a potência extra, com os demais só optando por fazer isso um giro depois. A antecedência rendeu ultrapassagem sobre Lynn, que virava terceiro. Dennis ainda liderava, mas com vantagem mínima.

O problema de Turvey é que, da mesma forma que pôde acionar o modo ataque primeiro, teria de passar uma volta a mais se defendendo de rivais com mais potência. Isso cobrou um preço alto: o britânico da NIO despencou para sexto, ficando longe da briga pelo pódio.

A corrida chegava à metade com a seguinte ordem: Dennis, Lynn, Nato, Lotterer, Vergne, Turvey, Rowland, Da Costa, Rast e Blomqvist.

André Lotterer conseguiu o segundo lugar em Valência (Foto: Porsche)

Faltavam 17 minutos de corrida quando Lynn se viu com um problemão. O britânico foi para a brita após toque de Nato, que assim subia para segundo. Essa confusão ajudou Dennis a abrir vantagem de 1s pela primeira vez na corrida.

Erro pior, só o de Vandoorne. O belga tentou ultrapassar Buemi, que tinha perdido tempo ativando o modo ataque, e acabou batendo. O piloto da Mercedes ficou prensado contra uma barreira de pneus, quebrando a suspensão dianteira direita. Para a sorte de Dennis, Stoffel voltou aos boxes por contra própria e evitou um safety-car.

Nato seguia em segundo, mas sempre 1s7 atrás de Dennis. Lotterer subia para terceiro, segurando Rast na luta pelo último lugar no pódio.

Se Nato já estava com chances pequenas de fazer algo contra Dennis, elas viraram quase nulas com poucos minutos para o fim. O francês foi considerado culpado por colocar Lynn na brita e recebeu punição de 5s.

A volta final trouxe uma expectativa de drama causado pela bateria. Sim, mais um. Ninguém corria risco iminente de parar na pista, mas Dennis tirou o pé para manter a situação sob controle. Mesmo com Lotterer no cangote, o piloto da BMW seguiu fazendo tudo certo para triunfar.

Fórmula E 2021, eP de Valência, Espanha, domingo, resultado final:

1J DENNISBMW30 voltas 
2A LOTTERERPorsche+1.483 
3A LYNNMahindra+2.428 
4O ROWLANDNissan+2.870 
5N NATOVenturi Mercedes+5.811 P +5s
6R RASTAudi+8.122 
7J.E VERGNEDS Techeetah+8.782 
8O TURVEYNIO+11.292 
9E MORTARAVenturi Mercedes+12.014 
10L DI GRASSIAudi+12.405 
11S BUEMINissan+13.295 
12M GÜNTHERBMW+13.594 
13N CASSIDYVirgin Audi+14.329 
14S BIRDJaguar+15.151 
15M EVANSJaguar+17.213 
16N DE VRIESMercedes+18.444 
17T BLOMQVISTNIO+18.885 
18P WEHRLEINPorsche+19.274 
19R FRIJNSVirgin Audi+19.756 
20N MÜLLERDragon Penske+21.069 
21S. SETTE CÂMARADragon Penske+32.079 
22A.F DA COSTADS Techeetah+59.698 
23A SIMSMahindra+1:04.277 
24S VANDOORNEMercedes+10 voltasNC

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube