Vergne critica corridas de pelotão e ameaça deixar Fórmula E: “Se não mudar, vou parar”

Jean-Éric Vergne, mais uma vez, foi uma das vozes mais contundentes da Fórmula E contra as corridas de pelotão e ameaçou até se retirar da categoria caso o estilo continue

O eP de Berlim da Fórmula E, disputado no último fim de semana, trouxe mais duas corridas de pelotão cheias de ultrapassagens, indefinições até o fim e, como já é de praxe, reclamações. Como esse tipo de prova deixa os carros muito próximos uns dos outros, é normal que a disputa envolva muitos toques e uma preocupação extrema com a regeneração de energia, o que Jean-Éric Vergne já deixou claro que não aprova.

Desta vez, porém, o piloto da DS Penske foi ainda mais longe e teceu críticas pesadas ao conjunto da Fórmula E. Segundo ele, como o carro apresenta alto grau de arrasto, aqueles que conseguem aproveitar o vácuo levam muita vantagem, e o francês cobrou que a categoria introduza mudanças para evitar que isso aconteça.

“Eles [Fórmula E] precisam mudar o pacote aerodinâmico do carro, porque há muito arrasto”, disse Vergne em Berlim. “E, como os carros de trás têm muito menos arrasto, eles chegam [à curva] em uma velocidade muito maior e ainda podem regenerar mais energia. Então, precisamos de carros com menos arrasto”, pontuou.

“Do contrário, vamos continuar tendo esse tipo de corrida”, reclamou. “E já vi o Gen3 Evo, a aerodinâmica é exatamente a mesma. Então, não vai mudar nada [nesse tipo de situação]”, alertou.

Vergne ameaçou deixar a Fórmula E por causa das corridas de pelotão (Foto: Fórmula E)

Muito incomodado com o estilo das corridas de pelotão, Vergne até ameaçou deixar a Fórmula E caso este tipo de prova se repita na quarta geração de carros, prevista para a temporada 2026/27. Na opinião do bicampeão, caso as coisas continuem iguais, é possível esperar que vários outros pilotos deixem o grid nos próximos anos.

“Eles realmente precisam encontrar uma solução. Não sei se consigo aguentar dois anos com esse tipo de corrida, não é uma coisa prazerosa. Ninguém gosta. Além disso, é perigoso. Vemos muitas mãos quebradas, não é algo bom”, prosseguiu.

“Pode acontecer, sim [de pilotos se retirarem da categoria]”, destacou Vergne. “O bom é que há o Gen4 vindo aí. Mas, se o Gen4 for igual, vou parar com certeza”, finalizou.

A próxima etapa da Fórmula E acontece entre os dias 24 e 26 de maio, com o aguardado retorno da categoria à China. Pela primeira vez na história, a prova será disputada em Xangai. Todas as sessões de pista terão transmissão AO VIVO e COM IMAGENS nos canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube e no Kwai, assim como todo o restante da temporada.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Assista à corrida completa do eP de Berlim 2:

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Formula E direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.