López bate recorde da pista e lidera último treino livre para segunda corrida da rodada dupla em Berlim

José María López foi o líder, mais rápido e ponto alto de um treino livre de 30 minutos em que praticamente nada digno de nota aconteceu. O recorde do novo traçado do Tempelhof valeu para mostrar que os pilotos estão mais confortáveis com voltas em 1min08s baixo e alcançando a casa de 1min07s.

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Quem ouvir que a volta mais rápida do fim de semana foi superada e um novo recorde da pista foi estabelecido provavelmente não vai conseguir compreender como o quarto e último treino livre da F-E em Berlim, na madrugada deste domingo (11), tenha sido tão morno. A súper volta de José María López foi o ponto alto, sem dúvidas, e talvez o único que realmente valha destaque. O bicampeão mundial de turismo seguiu andando forte na pista do Aeroporto de Tempelhof e mostrou que segue na briga pela primeira vitória na F-E. 

Nada demais aconteceu. Os treinos livres do domingo, diferente de quase todos os sábados da temporada, não tiveram bandeira vermelha – sequer amarela. Fora López, Felix Rosenqvist, Sébastien Buemi e Sam Bird quebraram a barreira de 1min08s. Apenas Buemi no TL3 havia conseguido tal feito.
 
Daniel Abt, Jean-Éric Vergne, Nicolas Prost, Oliver Turvey, Lucas Di Grassi e Maro Engel fecharam o top-10. Nelsinho Piquet foi o 11º colocado. O treino de classificação está marcado para as 7h (de Brasília).
Cadê José María López? Provavelmente comemorando a ponta (Foto: DS Virgin)
Confira como foi o TL4:
 
A quarta e última sessão de treinos livres começou com voltas bem lentas, longe da potência energética de treino classificatório. Demorou mais de cinco minutos para um giro veloz de fato: Nicolas Prost, 1min08s159. Na sequência o que se viu foi uma ataque à trilha aberta por Sébastien Buemi mais cedo, a casa do 1min07s. Felix Rosenqvist foi o primeiro, mas Sam Bird e José María López também entraram nessa.
 
Pechito, aliás, superou o giro de Buemi no TL3. Era mais ou menos a marca de dez minutos de sessão quando o argentino colocou 1min07s670 para assustar. 
 
Conforme o tempo foi passando, ficou claro que era mais um treino livre de ajustes mais que de velocidade. Uma prova disso é que os dois líderes do campeonato, Buemi e Lucas Di Grassi, ocupavam as posições 18 e 19, respectivamente, mesmo após 25 minutos de treino. 

Dali em diante, não aconteceu grande coisa. Buemi pulou para o terceiro lugar, regressando à casa de 1min07s, enquanto Di Grassi chegou em nono. Rosenqvist foi o segundo, Bird ficou com a quarta colocação, enquanto Abt, Vergne, Prost e Turvey ocuparam as posições entre cinco e oito. Maro Engel terminou na décima colocação.

F-E, Berlim, TL4:

1 JOSÉ MARÍA LÓPEZ ARG VIRGIN DS 1:07.670   12
2 FELIX ROSENQVIST SUE MAHINDRA 1:07.753 +0.083 17
3 SÉBASTIEN BUEMI SUI RENAULT 1:07.782 +0.112 17
4 SAM BIRD ING VIRGIN DS 1:07.916 +0.246 16
5 DANIEL ABT ALE AUDI ABT 1:08.034 +0.364 17
6 JEAN-ÉRIC VERGNE FRA TECHEETAH 1:08.078 +0.408 13
7 NICOLAS PROST FRA RENAULT 1:08.159 +0.489 15
8 OLIVER TURVEY ING NEXTEV 1:08.186 +0.516 11
9 LUCAS DI GRASSI BRA AUDI ABT 1:08.206 +0.536 20
10 MARO ENGEL ALE VENTURI 1:08.388 +0.718 22
11 NELSINHO PIQUET BRA NEXTEV 1:08.530 +0.860 14
12 LOÏC DUVAL FRA DRAGON 1:08.669 +0.999 11
13 NICK HEIDFELD ALE MAHINDRA 1:08.683 +1.013 13
14 ANTONIO FÉLIX DA COSTA POR ANDRETTI 1:08.875 +1.205 11
15 STÉPHANE SARRAZIN FRA TECHEETAH 1:08.931 +1.261 12
16 ROBIN FRIJNS HOL ANDRETTI 1:09.030 +1.360 12
17 JÉRÔME D'AMBROSIO BEL DRAGON 1:09.076 +1.406 11
18 TOM DILLMANN FRA VENTURI 1:09.230 +1.560 20
19 MITCH EVANS NVZ JAGUAR 1:09.290 +1.620 17
20 ADAM CARROLL NIR JAGUAR 1:09.944 +2.274 13

A NOVA F1 SE APROXIMA MAIS DA INDY. E ÁUDIO EM MÔNACO É PROVA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube