Di Grassi pede que Audi siga motivada após vitória “escorrer por entre os dedos” na FE

Lucas Di Grassi quer uma equipe “de cabeça erguida” para a corrida complementar da rodada dupla em Roma. O brasileiro abandonou no fim e viu Jean-Éric Vergne vencer

Lucas Di Grassi ficou lento e Stoffel Vandoorne, ao tentar desviar, perdeu controle e bateu em Roma (Vídeo: Fórmula E)

Era para ser um sábado (10) de redenção para Lucas Di Grassi em Roma, mas virou um de tristeza: o brasileiro liderava até abandonar nas voltas finais, vítima de um problema no sistema de transmissão do carro que levou Jean-Éric Vergne ao alto do pódio. O momento, entretanto, ainda não é para lamúrias: o piloto quer que todo mundo na Audi siga de cabeça erguida, de olho na corrida complementar da rodada dupla italiana.

Para tal, Di Grassi foca no lado positivo. O brasileiro andou bem nos treinos livres e mostrou ritmo forte tanto em corrida quanto em classificação, apesar do final decepcionante.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Lucas Di Grassi tenta superar um dia difícil em Roma (Foto: Fórmula E)

“Hoje foi um dia muito produtivo”, apontou Di Grassi. “Lideramos o treino, largamos da segunda fila e dominamos a corrida até cinco voltas do final. A vitória escorreu por entre os dedos. Mas o automobilismo é assim. A gente precisa manter a cabeça erguida, trabalhar ainda mais, que ainda vamos trazer essa vitória para o Brasil”, seguiu.

A quebra prolonga, pelo menos por mais um dia, o maior jejum de vitórias de Di Grassi na FE. O último triunfo do brasileiro foi em maio de 2019, no eP de Berlim. Mais do que isso, Lucas termina o dia zerado e apenas em 17° no Campeonato de Pilotos. São 6 pontos, isso enquanto o líder Sam Bird já soma 43.

A corrida 2 em Roma tem largada marcada para 8h (de Brasília) deste domingo. Antes disso, às 4h, a categoria realiza novo treino classificatório.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube