Namoro antigo? Fórmula E e F1 já conversam sobre fim de semana em conjunto no futuro

De acordo com o site inglês 'The Race', conversas entre Alejandro Agag e Stefano Domenicali já foram realizadas. Chefão da Fórmula E é a favor

Assista aos melhores momentos do GP da Emília-Romanha de F1 (Vídeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Já imaginou um fim de semana em que Fórmula 1 e Fórmula E dividam o espaço e as atenções? Ao que tudo indica, algo assim está na mira de pessoas poderosas ligadas às duas categorias. O fundador e presidente da Fórmula E, Alejandro Agag, e o diretor-executivo da Fórmula 1, Stefano Domenicali, encontraram-se para conversar sobre a possibilidade.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
Chefe da Mercedes sugere que FE e F1 passem a correr juntas

A informação é do site inglês ‘The Race’, que aponta as temporadas de 2023 ou 2024 como prováveis alvos para o projeto. A reunião aconteceu antes da entrevista do presidente da FIA, Jean Todt, ao jornal italiano ‘La Gazzetta dello Sport’, onde afirmou que não era contra um fim de semana desta maneira. “Algo assim pode funcionar, mas a Fórmula E também precisa manter seu rosto futurístico próprio”.

Já Agag, em entrevista ao jornalista argentino Diego Bustos, confirmou que o evento conjunto é algo que mira, sim, mas que os acionistas estão contrários. Ao menos é a fotografia de momento.

“Há muita conversa sobre uma aproximação entre F1 e FE. Estou me esforçando por isso, gosto da ideia, é algo que eu amo, mas agora os acionistas não estão a favor. Continuarei insistindo e batendo a cabeça contra o muro, vamos ver o que acontece no fim”, disse.

“Gosto da ideia que os dois ótimos campeonatos possam colaborar. Por enquanto, não vai acontecer, mas veremos no futuro”, seguiu.

Imaginaram as duas categorias juntas? (Foto: Aston Martin)

O diretor-executivo da FE, e figura que passou a cuidar mais de perto de questões práticas da categoria no último ano, Jamie Reigle, mostrou pensar bem diferente de Agag.

“Fórmula E e F1 são dois esportes completamente diferentes que têm apelos diferentes e vários pontos de diferenciação. Correr nas cidades está em nosso DNA e somos comprometidos com essa vertente especial da Fórmula E”, afirmou.

“Ambientes urbanos são parte fundamental do futuro guiado pelos veículos elétricos e soluções sustentáveis de mobilidade. Durante a pandemia, consideramos sair do modelo baseado em correr nos grandes centros para usar mais pistas fechadas, mas se fizermos isso [de vez], não será mais a Fórmula E”, seguiu.

“Nesta temporada e no futuro, nosso calendário provavelmente combinará pistas urbanas icônicas como Roma e Mônaco com circuitos preparados com configurações especialmente desenhadas, como Valência, onde teremos rodada dupla neste ano”, finalizou.

De qualquer maneira, a Fórmula E segue em sua temporada 2021 que anda com o calendário remodelado para se encaixar às necessidades e proibições da pandemia. Após correr rodadas duplas na Arábia Saudita e Roma, a categoria repete o feito no próximo fim de semana, em Valência.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube