Não é só a Aston Martin na F1: como Lawrence Stroll quer se envolver na Fórmula E

Homem-forte da Aston Martin a partir deste ano, Lawrence Stroll chegou a discutir a entrada na categoria elétrica em 2019

Ao longo do último ano, Lawrence Stroll participou de conversas para avaliar a possibilidade de comprar parte representativa das ações de alguma equipe da Fórmula E. Venturi e DS Techeetah foram os veículos de interesse do magnata canadense. As tratativas aumentam a suposição do interesse da Aston Martin num ingresso futuro na categoria.

A informação foi revelada pelo site inglês ‘The Race’. Segundo o veículo, as conversas começaram nos últimos meses de 2019 e acabaram suspensas em janeiro deste ano, quando Stroll finalizou a compra da Aston Martin.

As duas equipes citadas estão dispostas a fazer negócio. Na Venturi, acredita-se que o acionista majoritário, Gildo Pastor, dono de cerca de 70% das ações, está aberto a negociar parte delas. Já Susie Wolff, que tem cerca de 30% das ações – adquiridas quando se tornou chefe de equipe – já falou abertamente que a fábrica monegasca está aberta a englobar um novo parceiro caso a situação seja correta.

“Se trocar vantagens para nós, enquanto a equipe, sempre há a possibilidade”, afirmou ao site há alguns meses quando reiterou que o acordo faria sentido a médio e longo prazo, porque ela e Pastor estão comprometidos com o sucesso futuro.

Já a SECA, grupo chinês de mídia que é dono da DS Techeetah, está em busca de um parceiro há algum tempo. A saúde financeira e esportiva da equipe foi garantida pela parceria com a DS Citröen, a postos desde 2018 e com duração até 2022, ao menos, mas não afasta a possibilidade de um acordo concreto de longo prazo com novo acionista. Apesar de não haver acordo com Stroll, a equipe segue a busca por parcerias.

A Aston Martin, que agora conta com Stroll como homem-forte e passa a ter equipe de fábrica na Fórmula 1 em 2021, tem linha de carros elétricos programada para ser lançada pela Lagonda, a divisão de veículos de luxo da marca inglesa, para começar a funcionar a valer em 2025 e, acredita-se, a marca gostaria de promover o futuro da fábrica nas corridas. Até um carro já foi lançado como projeto, o Aston Martin Rapid E. O interesse de Stroll contribui para que a FE siga vislumbrando um futuro com a fábrica ao lado.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Vettel diz que “projeto divertido” motivou ida para Aston Martin.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube