Turvey diz que causou batida ao esquecer “por completo” de simulação de largada na FE

Oliver Turvey e NIO falaram com a direção de prova para explicar o acidente ao fim do TL1 em Roma. Piloto e equipe admitiram que, por uma “série de circunstâncias”, esqueceram da fila de carros estacionados na pista para praticar largada

Oliver Turvey causou um acidente dos grandes (Vídeo: Fórmula E)

Oliver Turvey causou um acidente inusitado no TL1 deste sábado (10) na Fórmula E, vindo em alta velocidade e acertando a traseira de pilotos que simulavam largada em Roma. O motivo do incidente poderia até ser um problema no rádio ou a curva cega que leva à reta principal, mas o britânico foi honesto na conversa com a direção de prova: tanto piloto quanto equipe simplesmente “esqueceram” que haveria uma fila de carros estacionados no traçado.

Essa é a descrição da direção de prova, que ouviu Turvey e NIO. Numa tacada só, os comissários deram 6 pontos de punição ao britânico, sendo que 12 em um período de 12 meses força suspensão automática por um GP.

“Depois do treino livre 1, como de costume, os pilotos tiveram permissão para treinar largada”, descreveu a direção de prova através de comunicado. “Assim, eles formaram uma fila na reta principal. O carro número 8 [Turvey] chegou a esse ponto em alta velocidade, atingindo outros dois carros”, seguiu.

Oliver Turvey (Foto: Fórmula E)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“O piloto estava totalmente consciente desse procedimento, mas esqueceu por completo por uma combinação de circunstâncias. Analisando as imagens, ouvindo as comunicações de rádio entre equipe e piloto e levando em conta que esse grande acidente foi causado por um erro humano, os comissários consideram essa punição apropriada para o caso”, apontou.

Turvey atingiu a traseira de Jake Dennis, que atingiu Jean-Éric Vergne em efeito sanfona. As duas vítimas tiveram carros reparados a tempo de participar da classificação, enquanto o culpado teve de ficar de fora, sendo forçado a largar em 24° e último em Roma. A pole-position é de Stoffel Vandoorne.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube