Prost surpreende na China e é primeiro pole da história da F-E. Di Grassi larga na segunda posição

Nicolas Prost tirou de Lucas Di Grassi a chance de largar na frente na primeira prova da F-E. O francês filho do tetracampeão da F1 superou por pouco o brasileiro para marcar seu nome na história. Nelsinho Piquet larga em décimo e Bruno Senna teve problemas

Nicolas Prost vai entrar para os anais como o primeiro pole-position da história da F-E — o que não é nada mal considerando o sobrenome. O francês de certa forma surpreendeu porque conseguiu desbancar a armada brasileira nas ruas de Pequim. Participando do terceiro grupo da classificação deste sábado (13), o francês obteve um tempo 0s106 melhor que o de Lucas Di Grassi, que vai largar a seu lado na corrida de daqui a pouco.

Com isso, Prost já assume a liderança do campeonato, levando três pontos referentes à conquista. 

Nelsinho Piquet chegou a brigar pela pole, com parciais mais rápidas que a volta de Prost. No fim, um terceiro setor ruim o relegou a uma décima posição. Bruno Senna, mais rápido no segundo treino livre, teve problemas e mal chegou a dar volta rápida. Vai sair apenas em 19º.

Nicolas Prost (Foto: Reuters)

Confira como foi a classificação da F-E neste sábado na China

 
O primeiro grupo tinha Karun Chandhok, Oriol Servià, Jarno Trulli, Michela Cerruti e Stéphane Sarrazin, e quem estreou a pista foi Chandhok, sendo o primeiro a sair e também a anotar volta, com 1min43s351. Servià acompanhou, mas bem atrás, seguido por Cerruti.
 
Quando a falta dos veteranos Trulli e Sarrazin era sentida, a imagem flagrou os dois, um atrás do outro, estacionando o carro num recuo da pista.
 
O italiano perdeu o carro após seu #10 ser levantado ao cruzar uma zebra, a traseira acabou indo em direção ao muro, e a batida foi inevitável. 
 
A imagem não mostrou qual o problema do francês Sarrazin, mas sua Venturi parecia ter o pneu traseiro esquerdo furado.
 
Na segunda série de giros, Chandhok melhorou sua volta, fez 1min42s461. Dificilmente o necessário para largar nas primeiras posições, porém suficiente para ser o melhor do grupo.  Servià também rodou mais baixo, com 1min42s847. Cerruti não conseguiu fazer volta abaixo do prévio 1min46s170.
Karun Chandhok (Foto: Reuters)
G2 – Pic fica atrás de Chandhok, e Tung causa bandeira amarela
 
Segundo grupo contava com Takuma Sato, Jêróme D'Ambrosio, Sam Bird, Ho-Pin Tung e Charles Pic. Sato se apressou em ir à pista, seguindo duas sessões muito ruins de treinos livres. O japonês não impressionou, marcando 1min44s129.
 
Entre os cinco, o melhor na primeira rodada de giros foi Sam Bird, com 1min42s936, seguido por D'Ambrosio, que anotou 1min44s056. Nenhum dos pilotos passou os mais rápidos do G1.
 
Pic foi mal na primeira volta, mas se recuperou e marcou 1min42s726, à frente de Servià. Bird e D'Ambrosio decepcionaram em seus giros finais, muito pelo erro tosco do lentíssimo Tung, que rodou e causou bandeira amarela.
 
Tung ficou com seu 1min45s282, à frente apenas de Cerruti e dos acidentados Trulli e Sarrazin. Após metade dos pilotos já terem dado suas voltas, a classificação tinha Chandhok, Pic, Servià, Bird, D'Ambrosio, Sato, Tung, Cerruti, Trulli e Sarrazin.
G3 – Prost é mais rápido, seguido pelas Audi Abt
 
Pelo terceiro grupo, andaram Lucas Di Grassi, Daniel Abt, Nicolas Prost, Sébastien Buemi e Katherine Legge.
 
Di Grassi não esperou para andar rápido e logo colocou sua Audi Abt estilo carnaval em vantagem em relação a Chandhok com 1min42s308. Não ficou muito tempo na primeira colocação, já que Prost seguiu, anotando 1min43s200.
 
Abt veio rápido com sua segunda volta, fez 1min42s454 e engoliu o terceiro lugar. E Buemi, cercado de expectativas, acabou relando no muro na saída da chicane, mesmo lugar onde Trulli se encalacrou. Ficou apenas com 1min42s746, sexto lugar até o momento.
 
Ainda mais bizarro foi Buemi encostar o carro na pista, tirar o capacete e ajoelhar atrás, tentando encontrar o que tinha de errado.
 
Legge ficou longe, atrás de Tung, no 12º lugar, marcando 1min45s369. 1s2 atrás do companheiro Sato.
 
Ao fim do penúltimo grupo, a e.dams tinha Prost na frente – apesar de ter tocado o muro levemente, impedindo que melhorasse sua volta -, seguido pelas duas Audi Abt, de Di Grassi e Abt.
Nicolas Prost (Foto: Reuters)
G4 – Senna tem problemas e nem anota volta rápida; Prost fica com a pole

No grupo final, andaram Nick Heidfeld, Franck Montagny, Jaime Alguersuari, Nelsinho Piquet e Bruno Senna.

Se a maior expectativa neste grupo era pelo líder do TL2, Senna, a realidade foi lastimável. Um problema do carro da Mahindra fez com que o carro da equipe indiana ficasse na garagem sendo mexido.
 
Piquet se adiantou, fez 1min43s161, ficando fora das primeiras colocações. Alguersuari, assim como Nelsinho, andou acima da marca de 1min43s. Montagny e Heidfeld rodaram mais forte, anotando 1min42s530 e 1min42s579, e se postando nas posições cinco e seis.
 
Na segunda ronda de giros, os pilotos da Andretti e da Venturi não melhoraram seus tempos, ao contrário dos outros dois que estavam na pista. O espanhol fez 1min42s683, colocando a Virgin no sétimo posto, enquanto Piquet anotou 1min42s785 e a décima posição, cerca de 2s5 à frente do companheiro Tung.
 
Conforme os minutos avançaram, as chances de ver Senna na pista foram diminuindo cada vez mais. A Mahindra #21 até foi à pista nos segundos finais, mas sequer completou uma volta rápida. No fim das contas, Senna vai sair da 19ª colocação.
 
Dessa forma, a primeira pole-position da história da F-E fica com Prost, seguido por Di Grassi, Abt, Chandhok, Montagny, Heidfeld, Alguersuari, Pic, Buemi e Piquet, completando o top-10.

O eP inaugural da categoria acontece às 5h (de Brasília).

#GALERIA(5066,81101)
F-E, eP da China, Pequim, grid de largada:

1 NICOLAS PROST FRA E.DAMS 1:42.200   4
2 LUCAS DI GRASSI BRA AUDI ABT 1:42.306 +0.106 5
3 DANIEL ABT EUA AUDI ABT 1:42.454 +0.254 5
4 KARUN CHANDHOK IND MAHINDRA 1:42.461 +0.261 4
5 FRANCK MONTAGNY FRA ANDRETTI 1:42.540 +0.340 6
6 NICK HEIDFELD ALE VENTURI 1:42.579 +0.483 5
7 JAIME ALGUERSUARI ESP VIRGIN 1:42.683 +0.526 5
8 CHARLES PIC FRA ANDRETTI 1:42.726 +0.546 5
9 SÉBASTIEN BUEMI SUI E.DAMS 1:42.746 +0.585 4
10 NELSON PIQUET BRA CHINA 1:42.785 +0.611 5
11 ORIOL SERVIÀ ESP DRAGON 1:42.847 +0.647 4
12 SAM BIRD ING VIRGIN 1:42.918 +0.718 5
13 JÉRÔME D'AMBROSIO FRA DRAGON 1:44.056 +1.856 5
14 TAKUMA SATO JAP AMLIN AGURI 1:44.129 +1.929 5
15 HO-PIN TUNG CHN CHINA 1:45.282 +3.082 5
16 KATHERINE LEGGE ING AMLIN AGURI 1:45.369 +3.169 5
17 MICHELA CERRUTI ITA TRULLI 1:46.170 +3.970 4
18 JARNO TRULLI ITA TRULLI     2
19 BRUNO SENNA BRA MAHINDRA     2
20 STÉPHANE SARRAZIN FRA VENTURI     1

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube